POMBO SEM ASA - WASHINGTON NASCIMENTO -23/11/2011
Ih Neópolis !

Ficou difícil a tão sonhada subida para a primeira divisão pelo Neópolis. O time não soube fazer o dever de casa e perdeu mais dois pontos jogando em seus domínios. Já havia empatado com o Laranjeiras no segundo jogo da fase final, e voltou a empatar em casa com o Sete de Junho. Assim, de possíveis nove pontos em três partidas no seu campo, só conseguiu cinco. Como perdeu a partida de estréia na segunda fase, e venceu uma em casa, o Canarinho do Velho Chico disputou doze pontos e ficou com cinco. Ainda não venceu fora nessa fase. As duas partidas que faltam para encerrar o quadrangular, são na casa do adversário. Joga sábado, 26, em Laranjeiras onde empatou o jogo da primeira fase; e depois, dia 03 de dezembro, ultima rodada, vai a Lagarto, onde ainda não jogou nesse campeonato.

Com cinco pontos e seis a disputar, o Neópolis não pode pensar em outro resultado que não seja a vitória na partida de sábado. E torcendo por uma vitória do Sete de Junho, que joga em casa com o Lagarto. Se o Lagarto vencer e o Neópolis não vencer, o Alviverde iria prá nove pontos e jogaria por um empate no sábado seguinte, no seu campo, junto a sua torcida. Situação idêntica a do Sete que se perder para o Lagarto, joga em casa com o Laranjeiras, também precisando apenas de um empate. Só depende dele. Mas tá muito difícil para o Neópolis.

O peso de jogar em casa

Com sete pontos ganhos e duas partidas a disputar em casa, o Sete de Junho precisa de mais uma vitória para garantir a classificação para a primeira divisão de 2012. Caso vença no sábado próximo, chega aos dez pontos. Com isso, só o Neópolis pode alcançá-lo, caso vença suas duas partidas finais, perfazendo onze pontos. Com essas vitórias do Neópolis, nem Lagarto, nem Laranjeiras alcançariam os dez pontos do Sete.

Porém, como esse campeonato está mesmo muito empolgante, pode ser que o Sete resolva fazer suspense aos seus torcedores e apenas empate as duas partidas finais. Também estará classificado. O Sete só não pode perder as duas partidas. O que deixa claro que as demais equipes estão lutando desesperadamente por apenas uma das vagas. A outra já está praticamente nas mãos do Galo do Rio Real.

Aproveitou a oportunidade

Como tudo na vida, deve-se aproveitar toda e qualquer oportunidade para mostrar as habilidades. Durante o campeonato sergipano de futebol profissional da série A2, vimos jogadores, árbitros, colegas da imprensa, todos buscando aproveitar a oportunidade para mostrar serviço e conseguir um lugar ao sol. O técnico de futebol não poderia deixar passar uma chance tão oportuna. Alguns apenas participaram. Não deixaram uma pequena marca que fosse. Outros, mais conscientes da oportunidade oferecida, a agarraram com garra e determinação e estão aí, brilhando.

Dos quatro técnicos que disputam o quadrangular final do campeonato. Três já são consagrados no mercado sergipano. Rivaldo Pimenta, Nadélio Rocha e Luiz Pondé, são técnicos que têm folhas de serviços prestados. Claro que aproveitaram a oportunidade para mostrar conhecimento e competência, tanto que disputam palmo-a-palmo cada pedaço desse terreno chamado área técnica.

Mas um quarto técnico puxou para si os holofotes do sucesso. Mostrando muita competência, muita lucidez, um ótimo trato para com todos, o técnico Paulo de Freitas, do Laranjeiras, é uma agradável surpresa. Seu time continua na disputa pela vaga na divisão especial de 2012. Mas mesmo que não consiga chegar lá, Paulo de Freitas já pode ser considerado como uma grande revelação. Apesar das deficiências técnica de alguns de seus atletas, Paulo de Freitas conseguiu montar um time competitivo, com padrão definido de jogo. Mesmo quando seu time perde, ele tem a explicação lógica, coerente, que mostra claramente onde ocorreu a falha e porque o adversário a aproveitou. E tudo isso, sem culpar seus jogadores, nem carregar a mão na arbitragem. Sem medo de errar: futebol sergipano cresceu com a presença de Paulo de Freitas no campeonato sergipano da série A2.

O Imperador

Nos últimos jogos do campeonato brasileiro da série A, Fred, do Fluminense, vem deslanchando e marcando vários gols. Tanto é que já está a apenas 2 gols de Borges, do Santos, que já marcou 22. Mas nesse domingo, uma estrela voltou a brilhar no cenário do futebol brasileiro. Com apenas um gol em todo o campeonato, Adriano, o Imperador, do Corinthians, com um gol aos 43 do segundo tempo, virando o jogo, pode ser tornar no grande herói do campeonato. Já o é para todo torcedor corintiano. E pode passar a ser para todo o país, caso seu time consiga o título de campeão brasileiro.

Cinco prá uma

É assim que está sendo disputada a ultima das quatro vagas para a série A/2012, entre os que disputam o brasileirão da série B. Estão garantidos na série A de 2012: Portuguesa, Náutico e Ponte Preta. Lutam pela ultima vaga: Sport, 58; Bragantino, 58; Vitória, 57; Boa Esporte, 56 e Americana, 56 pontos. Na ultima rodada, o Bragantino perdeu em casa para o ASA-AL. O Vitória vencia o São Caetano até os 43 do segundo tempo, quando tomou uma virada (aos 43 e 48/2t).




Artigo publicado no site Tribuna Cultural
http://www.atribunacultural.com.br

URL:
http://www.atribunacultural.com.br/modules/sections/index.php?op=viewarticle&artid=75