Paulo Morone chateado e má vontade no Mundão

Técnico proletário não gostou nada de jogar na quinta e pegar o Sergipe no domingo. No João Hora alguns chiaram por perder o carnaval treinando. Cai Caio Junior.

Novas datas

Com o absurdo adiamento da partida Lagarto x Confiança no último sábado, pelo árbitro Claudionor dos Santos Junior, a Federação Sergipana de Futebol teve que encaixar a partida na tabela, numa outra data.

Como haverá uma procissão tradicional na quarta-feira de cinzas em Lagarto e a tabela marcava para o próximo sábado outra partida para o time alviverde, a solução encontrada foi marcar a adiada para a quinta-feira, 23, e transferir a outra para o domingo, 26.

Bom para o técnico Givanildo Sales que teve tempo de treinar seus novos contratados antes de enfrentar o Confiança. Quem não gostou do adiamento foi o técnico Paulo Morone. Para ele, que esperava a semana livre para armar seu time para o clássico do domingo contra o Sergipe, esse jogo na quinta tirou essa possibilidade.

Inteligente

Nesta quarta-feira, 22, o Sergipe enfrenta o Sete de Junho, às 20:00h, no Batistão. A alegada falta de segurança para o jogo de sábado pelo jeito, não passou de uma forma inteligente de fugir do assédio mais de perto do torcedor colorado à equipe, no caso de nova derrota. No Batistão, se o time perder, é só esperar os ânimos acalmarem para retornar ao Mundão do Siqueira.
Muito se fala sobre certa má vontade de alguns jogadores rubros quanto aos treinos em pleno carnaval. Mas não poderia ser diferente. Time perdendo todas e ainda se dar ao direito de não aproveitar o tempo “livre” para acertar as linhas, seria muito mal visto pelos torcedores e principalmente pela diretoria – que anda deveras preocupada com a atual campanha do vermelhinho. Ser esquecer que domingo tem Confiança x Sergipe – clássico.

Se fosse corrido

O desequilíbrio entre os dois grupos do campeonato sergipano deste ano é tamanho que se fosse por pontos corridos, até essa rodada, do grupo A, só o Itabaiana estaria classificado para o quadrangular. Ele está à frente do Socorrense por um gol a mais. E o quadrangular teria River Plate-B/13, Confiança-B/13, Itabaiana-A/11 e Socorrense-B/11. O Olímpico-B vem colado com também 11 e um gol a menos que o Socorrense. No grupo A após o Itabaiana, vem São Domingos e Guarany, ambos com 9 pontos.

Prá dirigentes refletirem

Caio Junior foi demitido do Grêmio. Vanderlei Luxemburgo é o mais cotado para assumir a vaga. Está claro que a diretoria do Grêmio age muito mais como torcedora que como dirigente. Matéria do site Globo Esporte mostra que nos últimos 11 anos 16 treinadores passaram pelo time gaúcho, com uma média de 7,8 meses no cargo. Nesse período o clube conquistou uma Copa do Brasil-2001, com Tite, e rebaixado, foi campeão da série B em 2005, com Mano Menezes – titulo que a torcida não comemora. Coincidência ou não, Tite passou dois anos e meio no cargo e Mano, dois anos e sete meses.

A pressa do vice

Ricardo Teixeira está nos Estados Unidos. Oficialmente retorna ao trabalho na CBF após as festas de momo. Enquanto isso é dada como certa a sua saída. O vice Maria Marins anda ligando para as Federações e angariando simpatias para uma possível administração democrática, voltada para os federados. E o “rei” ainda não está nem morto....




Artigo publicado no site Tribuna Cultural
http://www.atribunacultural.com.br

URL:
http://www.atribunacultural.com.br/modules/sections/index.php?op=viewarticle&artid=87