7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

BOM APETITE - ROBERTO SOUTO - 12/12/2011

Sopa da pedra

Sopa da pedra ou sopa de pedra, é uma sopa típica da culinária de Portugal, e em particular da cidade de Almerim, situada no coração da região do Ribatejo, considerada a "capital da sopa da pedra".
Ao contrário do que o nome indica a sopa de pedra é uma sopa com muitos ingredientes, em que a "pedra" é apenas o "pretexto".
Aparentemente, esta designação encontra-se em muitas culturas ocidentais e tem como base uma lenda ou fábula.
A sopa de pedra, foi uma das candidatas finalistas as 7 Maravilhas Gastronomicas de Portugal.

A lenda ou a Fábula:

Um frade, pobre, que andava em peregrinação, chegou a uma casa próxima de Almerim e, orgulhoso demais para simplesmente pedir comida, pediu aos donos da casa, que lhe emprestassem uma panela para fazer uma sopa, de pedra... E tirou do bolso uma bela pedra, bem lisa e bem lavada. Os donos da casa ficaram curiosos e, de imediato deixaram o frade entrar para a cozinha e deram-lhe a panela. O frade colocou a panela no fogo com a pedra, mas logo disse que era preciso temperar a sopa... A dona da casa deu-lhe sal, mas ele sugeriu que era melhor que fosse um bocado de chouriço ou toucinho. E lá se foi tudo para junto da pedra. E entretanto o frade perguntou se não tinha qualquer coisa para engrossar a sopa, como batatas ou feijão que tivesse sobrado da refeição anterior.
Assim ele engrossou a sopa "de pedra" e resultou numa excelente sopa.
Jantaram juntos a sopa e no final o frade retirou a pedra da panela, lavou e guardou para a sopa seguinte.





RECEITA

750 gr de feijão ( usei feijão preto)
02 orelhas de porco
01 chouriço de sangue
01 chouriço de carne
200 gr de toucinho
02 pés de porco
600 gr de batatas
02 cebolas medias
02 dentes de alho
01 folha de louro
01 molho de coentros
Sal e pimenta do reino a gosto
Banha de porco
E logico, uma pedra pequena

Vamos a isso:

Deixe o feijão de molho por algumas horas.
Pique as cebolas e os alhos, e faça um refogado com a banha e a folha de louro.
Junte as carnes ao refogado, frite um pouco. A seguir o feijão e bastante agua. Tempere com sal e pimenta do reino.
A medida que as carnes forem cozinhando vá retirando e pondo ao lado.
Depois das carnes cozidas, poe as batatas cortadas em cubos pequenos, e os coentros picados. Se necessário mais um pouco de agua, sal e pimenta.
A apaga-se o fogo e volta a por as carnes cortadas em pedaços pequenos e a Pedra


( Lave bem os pés de porco e a orelha para retirar o excesso de sal, no caso de serem comprados salgados, ou se preferir escalda-se um pouco.)



Retornar ao Índice Retornar ao Índice
[ Retornar à Colunistas | Retornar ao Índice | Versão para impressão]

ENQUETE

Qual a sua avaliação sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Gilson Andrade de Estância
Boa 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Ótima 0%
Péssima 50 % 50%
Regular 50 % 50%
Ruim 0%

USUÁRIOS ONLINE

38 visitantes online (1 na seção: Seções)

Usuários: 0
Visitantes: 38

mais...