7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

POMBO SEM ASA - WASHINGTON NASCIMENTO - 16/02/2012

Cheiro de tri

A forma como o River Plate goleou o Lagarto na noite dessa quarta-feira deixou um forte cheiro de tricampeonato no ar de Carmopolis, e acendeu o sinal de alerta para as demais equipes que estão na briga pelo título de 2012 do campeonato sergipano de futebol.

Não foi um simples jogo onde o forte venceu o fraco. Foi um jogo onde o vencedor mostrou superioridade a todo o momento e em todos os aspectos.

O Lagarto bem que tentou. Tanto que as melhores iniciativas da partida foram tomadas pela equipe alviverde (Um bom time ainda em formação e sem peças de reposição).
Mas isso foi só enquanto o River Plate estudava a melhor forma de atacar seu adversário. A partir dos 20 minutos do primeiro tempo, o tricolor carmopolitano começou a encaixar os velozes contra-ataques, a ter domínio absoluto do meio campo, e os gols foram saindo naturalmente, através de jogadas trabalhadas, treinadas.

Assim como fez no jogo contra o Sergipe, foi pelo lado direito que o River Chegou ao primeiro gol. Trocando passes e avançando, a bola terminou com Bibi chegando à linha de fundo e cruzando à meia altura para o toque final de Leandro.

O quarto gol então foi uma pintura. Numa triangulação pelo lado direito, a bola chegou até Fabiano que quase na linha de fundo, ficou de cara com o bom goleiro Rodrigo; esperou que ele escolhesse o canto a defender, e bateu cruzado, sem chance.

O gol do time esmeraldino também foi de bela feitura. Numa falta frontal, quase na meia lua, o meia Janio fez uma cobrança perfeita.

Não foi aquele jogo de um time só. O River Plate joga e deixa jogar. A dificuldade dos adversários é conter o toque de bola e a qualidade técnica dos seus jogadores.

Parabéns a Fahel Junior que conseguiu manter a estrutura da equipe e para substituir os que saíram após a conquista do bicampeonato contratou outros de idêntica qualidade técnica. Alguns até de qualidade superior. Outro ponto importante é a forma como ele monta sua equipe para cada jogo. Há uma espécie de rodízio no meio campo e ataque, onde não se sabe quem é o titular da posição. Concepção moderna que coloca um time não com apenas 11, mas com 18 jogadores bem afinados entre si. Claro que para implantar tal forma de atuar, o treinador tem que estar com jogadores de bom nível técnico, como ocorre no River Plate.

Por isso que está forte o cheiro de tricampeonato pelas bandas de Carmopolis.

Outros resultados da 6ª rodada: Olímpico 3 x 1 Sergipe, Guarany 1 x 0 Confiança, Socorrense 0 x 1 São Domingos, Sete de Junho 1 x 1 Itabaiana e River 4 x 1 Lagarto.
Hoje, estariam classificados para o quadrangular final da taça Cidade de Aracaju, Itabaiana e São Domingos pelo grupo A, e River Plate e Confiança, pelo grupo B.

Retornar ao Índice Retornar ao Índice
[ Retornar à Colunistas | Retornar ao Índice | Versão para impressão]

ENQUETE

Qual a sua avaliação sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Gilson Andrade de Estância
Boa 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Ótima 0%
Péssima 50 % 50%
Regular 50 % 50%
Ruim 0%

USUÁRIOS ONLINE

28 visitantes online (1 na seção: Seções)

Usuários: 0
Visitantes: 28

mais...