7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Manchete : Obras da termoelétrica de Sergipe terão início a partir de julho
enviou em 27/05/2016 12:40:00 ( 631 leituras )
Manchete

O governador Jackson Barreto, em audiência com representantes do Grupo GenPower, da Golar e do Fundo de Investimentos Stonepeak Infrastructure Partners, investidores da Usina Termoelétrica (UTE) Porto de Sergipe, recebeu a informação que as obras do empreendimento estão previstas para iniciarem entre julho e agosto deste ano. A unidade gerará energia a partir do gás natural.

Com a implantação da usina serão criados cerca de 1.700 empregos e produzidos 1,5 gigawatts (GW), metade da energia gerada pela hidroelétrica de Xingó, só nesta primeira fase, a partir de um investimento de $ 1,3 bilhões (mais de R$ 4,67 bilhões na cotação do dia). A previsão é que as obras durem 36 meses e que, em 2019, a Usina Porto de Sergipe já esteja pronta, sendo que, entrará em plena operação em janeiro de 2020, como previsto no projeto inicial.

Jackson comparou a implantação do projeto ao marco histórico do petróleo em Sergipe em 1963, com a descoberta do campo de Carmópolis. “Podemos ter, em Sergipe, a maior termoelétrica do país. Em um momento em que o preço do petróleo está elevado e sabemos que o gás é menos poluente, um investimento que dialoga com a modernidade e com o meio ambiente. Projetaremos Sergipe para o futuro. Esse empreendimento tem potencial para atrair novas empresas, a implementação desse projeto resultará em uma grande cadeia de vários outros investimentos que virão para o estado e na geração de mais empregos. Estamos preparando Sergipe para o futuro”, resumiu o governador.

O grupo responsável pelo empreendimento veio a Sergipe apresentar aos novos investidores da UTE Porto de Sergipe, o fundo de investimentos norte-americano Stonepeak Infrastructure Partners, a locação, sítio, onde o projeto será implantado no estado. “Os investidores americanos vieram verificar in loco o andamento do projeto. Fomos bastante afirmativos e mostramos que o Estado não tem apenas o interesse, mas que está participando, pois precisamos criar expectativa para o futuro e gerar emprego para as novas gerações. Estamos preparando Sergipe para um salto de qualidade do ponto de vista do seu desenvolvimento”, disse o governador.

Os investidores reforçaram a possibilidade de ampliação do projeto. “Entre julho e agosto, vem aquela primeira fase, que é a fase da terraplanagem. O terreno é bem preparado, mas ainda tem algumas coisa para fazer, os estudos de sondagem e acreditamos que isso leve de dois a três meses, a ideia é que a partir de setembro e outubro já comecem efetivamente as obras da termoelétrica. Esse projeto foi desenvolvido primeiramente com o projeto Porto de Sergipe, que é de 1,5 gigawatts (GW), mas com a ampliação ele vai até 2, 9 GW. A nossa ideia é que, entre 2017 e 2018, possamos colocar também os outros dois projetos, o Laranjeira I e Governador Marcelo Déda. No final esse projeto será implementado com 2, 9 a 3 GW de energia, colocando a termoelétrica de Sergipe como a 7ª maior do mundo”, afirmou o presidente da GenPower, Marcos Grecco.

Segundo Grecco, o projeto vislumbra alternativas de energia visando a segurança energética para futuros mercados. “Vivemos dois momentos, um favorável, que é o do mercado da disponibilidade do gás, o LNG [Liquefied Natural Gás/Gás Natural Liquefeito], que é um commodity que hoje, no mundo, tem uma oferta muito grande, enquanto que a demanda é mais baixa. Agora, também há um momento um pouco delicado no mercado de energia, mas que é passageiro, devido a situação que o país enfrenta. A ideia é que no próximo, ou nos próximos anos, a gente tenha de novo as demandas de energia através dos leilões, que pretendemos participar com os outros dois projetos, ampliando o projeto Porto de Sergipe”.

O grupo de investidores ressaltou também que daqui para frente começarão os investimentos de grande escala e que a unidade de Sergipe viabilizará o desenvolvimento de uma cadeia, que vai além da termoelétrica. “Nosso investimento não é só focado nesse empreendimento, mas em transformar Sergipe em uma cadeia de gás. Sergipe é um estado com vocação de energia muito grande, e esse projeto vai atrair outros empreendimentos, oferecer confiança pela segurança energética que o estado terá”, afirmou o executivo do grupo GenPower, Elizeu Campos, que informou ainda que em 5 de maio o empreendimento recebeu a primeira fiscalização da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, que parabenizou o grupo por estar com todos os itens do projeto regulares.

Consórcio

O Consórcio vencedor do projeto da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe é composto originalmente pelas empresas Golar LNG – GenPower e EBrasil. Junta-se agora ao empreendimento a Stonepeak.

Para Luke Taylor, do Fundo Stonepeak, a reunião com o governador foi satisfatória e trouxe o conforto necessário para seguir com o investimento no projeto.

Presenças

Estiveram presentes na reunião o vice-governador e secretário de Estado da Casa Civil, Belivaldo Chagas; os secretários de Estado de Governo, Benedito Figueiredo, da Comunicação, Sales Neto, do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, Francisco Dantas; os assessores do Governo, Oliveira Júnior, Ricardo Lacerda e Carlos Cauê; o superintendente executivo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Carlos Augusto Franco; o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), Vinícius Mazza; o diretor técnico da Emgetis, Chico Varella e os representantes das empresas administradoras do consórcio da Porto de Sergipe, GenPower, Carlos Moura e Maurício Carvalho, Grupo Golar, Eduardo Antonello e Eduardo Maranhão e Stonepeak, George Watts, James Wyper e Petros Lekkakis.


Foto: Ilustrativa
Fonte: Agência Sergipe de Notícias

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
10/12/2019 12:10:00 - EM SANTA LUZIA DO ITANHI, CONSELHEIROS TUTELARES ELEITOS E SUPLENTES PASSAM POR CAPACITAÇÃO
10/12/2019 12:00:00 - Whatsapp é principal fonte de informação do brasileiro, diz pesquisa
10/12/2019 12:00:00 - Agências da Receita Federal nos municípios de Estância e Propriá vão mudar de endereço
10/12/2019 11:50:00 - Caminhões a Gás de fabricação chinesa são apresentados em Sergipe
06/12/2019 11:40:00 - Maria Feliciana precisa de ajuda para tratamento
06/12/2019 11:30:00 - Polícia Civil prende o sexto integrante envolvido na associação criminosa da cidade de Estância
05/12/2019 18:20:00 - Congresso Pode Acabar Com Prisão Disciplinar Para Os Policiais E Bombeiros Militares
04/12/2019 16:50:00 - Líderes mundiais querem ampliar luta contra aquecimento global
04/12/2019 16:50:00 - TCE decide entre Clóvis e Flávio
04/12/2019 16:20:00 - Festival do Jegue acontece neste fim de semana em Itabi



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Você acredita numa possível aliança de Márcio Souza com os grupos políticos de Ivan e Carlos Magno?
Não 16 % 16%
Nenhuma 0%
Sim 83 % 83%
Você acredita que o vereador André Graça será o vice de Gilson em 2020?
Sim 66 % 66%
Não 0%
Nenhuma 33 % 33%