7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Internacionais : Após anuncio de Trump, Hamas convoca palestinos a começar terceira Intifada
enviou em 07/12/2017 09:20:00 ( 142 leituras )
Internacionais

O chefe político do movimento islamita Hamas, Ismail Haniyeh, convocou nesta quinta-feira (7) os palestinos a começar amanhã uma terceira Intifada, depois do reconhecimento na quarta-feira do presidente americano, Donald Trump, de Jerusalém como capital de Israel. O termo Intifada vem do árabe e significa levante ou revolta. Se refere às manifestações palestinas contra a política de expansão de Israel na região. As informações são da EFE.

"Amanhã, sexta-feira, 8 de dezembro será um dia de ira e o começo de uma nova Intifada chamada Libertação de Jerusalém", disse o líder islamita em entrevista coletiva na Cidade de Gaza.

Para Haniyeh, "a decisão de Trump marca o final de uma fase política e significa um ponto de inflexão histórica para a causa palestina".

"Afirmamos que Jerusalém está unida, não é oriental nem ocidental, e vai continuar sendo a capital da Palestina, de toda a Palestina", declarou o dirigente do Hamas, que enfatizou "Trump se arrependerá da sua decisão".

Haniyeh pediu uma reunião com todas as partes palestinas para discutir a situação atual e acertar as medidas políticas a serem tomadas diante dos eventos.

"Devemos tomar decisões, formular políticas e desenvolver uma estratégia para nos opor ao novo complô em Jerusalém e na Palestina", declarou o dirigente.

Por outro lado, segundo declarou em entrevista coletiva o primeiro-ministro palestino, Rami Hamdala, que chegou a Gaza na manhã de hoje, "Jerusalém é a capital da Palestina", e segundo ele, este fato é mais importante que qualquer ação ou decisão que se possa tomar a partir dos EUA.

Desde a declaração de Trump, a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) rejeitou os EUA como mediador para o processo de paz na região.

Hamdala disse em entrevista coletiva que se oporá à decisão de Trump com união nacional. Segundo o primeiro-ministro, "a Palestina voltará às fronteiras de 1967 com Jerusalém como capital".

Israel

O Exército de Israel posicionou "uma série de batalhões" na Cisjordânia após as declarações de Trump. "O desdobramento de batalhões assim como de unidades de combate de inteligência e de defesa territorial respondem à preparação do Exército para possíveis desenvolvimentos dos eventos", diz um comunicado do Exército.


Da EFE*

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
20/07/2018 11:10:00 - Vinícius Júnior é apresentado no Real Madrid: 'É o maior de todos'
20/07/2018 11:10:00 - Sarcófago de 2 mil anos encontrado no Egito tinha esgoto e três múmias
20/07/2018 11:00:00 - Justiça aceita denúncia contra acusados de fraude em concurso
20/07/2018 11:00:00 - TRE/SE DETERMINA O AFASTAMENTO DE AUGUSTO BEZERRA
20/07/2018 11:00:00 - A chef sergipana Danila Duarte estreia na GNT
20/07/2018 11:00:00 - Procon Estadual fiscaliza postos de combustíveis em Nossa Senhora da Glória
20/07/2018 11:00:00 - Dr. Bumbum diz que procedimento estético foi correto e justiça será feita
20/07/2018 11:00:00 - Consumo de carne sem inspeção pode transmitir cisticercose
20/07/2018 10:50:00 - ‘Jonas Intense’ acontece em Aracaju no dia 25 de agosto
20/07/2018 10:40:00 - ASSISTÊNCIA SOCIAL DE SANTA LUZIA DO ITANHI REALIZA ENSAIO FOTOGRÁFICO COM GESTANTES



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

O QUE VOCÊ ACHA DO PREFEITO DE ESTÂNCIA ALUGAR IMÓVEL A PARTICULARES E DEIXAR OS PRÉDIOS PÚBLICOS ABANDONADOS
BOM
PÉSSIMO
RUIM

USUÁRIOS ONLINE

30 visitantes online (27 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 30

mais...