7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Manchete : OS APOSENTADOS DO BRASIL PAGAM A CONTA DA CORRUPÇÃO
enviou em 03/01/2018 09:20:00 ( 72 leituras )
Manchete

O presidente Michel Temer tem defendido com veemência a aprovação da Reforma da Previdência. Em entrevista exclusiva à coluna, chegou a afirmar que, caso isso não ocorra, será necessário cortar pensões e vencimentos de servidores.Mas o que Temer não diz é que os aposentados vão acabar pagando o pato pelo roubo dos políticos aos cofres públicos.Um levantamento da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo revela que o buraco da corrupção no País é muito maior que o da Previdência.

veja mais no quadro abaixo

Só para efeito de comparação: enquanto o ministro Henrique Meirelles projeta uma economia de R$ 48 bilhões anuais com a reforma, a Fiesp apurou que as práticas corruptas drenam dos cofres públicos assombrosos 2,3% do PIB brasileiro. Assim, considerando os R$ 6,266 trilhões responsáveis por toda a riqueza que produzimos, em 2016, teríamos R$ 144,1 bilhões destinados à bandidagem.

Dito de uma maneira mais direta: o dinheiro tungado pelos corruptos é, exatamente, o triplo do que Temer e Meirelles pretendem economizar com a reforma da Previdência.

Isso mesmo.

O triplo.

Na bandalheira com a coisa pública, as cifras nunca são acanhadas.

Vejamos o caso do Rio de Janeiro. Lá, o delegado da Polícia Federal, Alexandre Ramagem, que integra o grupo da Operação Lava Jato, estipula que o esquema montado por Sérgio Cabral, deputados estaduais e grandes empresários fez com que o Estado deixasse de arrecadar inacreditáveis R$ 183 bilhões nos últimos cinco anos.

Mais uma vez, a economia com a reforma da Previdência perde de lavada para a corrupção.

Aliás, no Brasil, Previdência e corrupção sempre andaram de mãos dadas. O caso mais célebre foi o da ex-advogada Jorgina de Freitas. Na década de 80, em conluio com servidores, promotores e juízes, ela surrupiou R$ 2 bilhões, do INSS, em valor atualizado.

Jorgina acabou condenada e presa, mas quantas outras Jorginas gozam a vida por aí, enquanto milhões de trabalhadores perdem o sono?

Só os que costumam almoçar com a Fada do Dente podem imaginar que a corrupção na própria Previdência é coisa do passado.

Parece óbvio que a angústia provocada pela eventual reforma da Previdência seria desnecessária caso o combate à corrupção fosse uma política de governo.

Calcula-se que, em 2017, o déficit nas contas da Previdência poderá ultrapassar os R$ 200 bilhões, um aumento substancioso em relação aos R$ 149 bilhões de 2016, que já era bem mais parrudo do que os R$ 85,81 de bilhões de 2015.

Ministro da Previdência Social com Lula e depois com Dilma, Carlos Gabas reconhece o desastre dos números, mas diz que a proposta da reforma está equivocada, e que antes dela é preciso fazer a tributária. "Não se pode sacrificar o peão e deixar quem ganha um milhão por mês sem pagar nada", destaca.

Para Gabas, falta "transparência" ao Governo, que não teria coragem de tocar em privilégios incrustados no serviço público, como o pagamento de R$ 4,37 mil para os juízes a título de auxílio-moradia, e deixar que "97% do Ministério Público ganhe acima do teto".

A numeralha exposta pelo Governo assombra qualquer contador de esquina, mas será que a reforma da Previdência é, de fato, a única alternativa para acabar com esse rombo crescente?

Acredito que não.

Sejamos francos, o dinheiro roubado pelos larápios de colarinho branco é muito maior do que aquele que o Governo pretende tirar a fórceps do bolso da peãozada, como disse Gabas.

A corrupção é a grande doença social. Desde tempos imemoriais, ela impede o nosso crescimento e nos condena a permanecer eternamente deitados em berço esplêndido.

Portanto, é na caça aos corruptos e não aos aposentados que o Governo deve se concentrar.

COLUNA DO FRAGA

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
18/04/2018 11:10:00 - Homem é morto a tiros em Riachão do Dantas (SE)
18/04/2018 11:00:00 - Polícia prende ex-secretária de Manaus que ficou milionária no cargo
18/04/2018 11:00:00 - MPT destina instrumentos para Orquestra Jovem
18/04/2018 11:00:00 - Tchandala lança novo álbum no dia 5
18/04/2018 11:00:00 - Editorial: Bullying mata
18/04/2018 10:50:00 - TRÍDUO A SÃO JORGE COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA, 19 EM ESTÂNCIA E A FESTA SERÁ DOMINGO (22)
18/04/2018 10:50:00 - HTLV-1: vírus da família do HIV está presente em Sergipe
18/04/2018 10:50:00 - Trump confirma encontro entre diretor da CIA e Kim Jong-un
18/04/2018 10:40:00 - Agentes Da Polícia Federal Realizam Operação Na Cidade De Porto Da Folha
18/04/2018 10:40:00 - "O DEM está de portas abertas", diz Mendonça Prado



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Qual a sua avaliação sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Gilson Andrade de Estância
Boa 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Ótima 0%
Péssima 50 % 50%
Regular 50 % 50%
Ruim 0%

USUÁRIOS ONLINE

29 visitantes online (27 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 29

mais...