7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Internacionais : Trump anuncia plano de imigração com muro e sem 'loteria dos vistos'
enviou em 31/01/2018 10:30:00 ( 185 leituras )
Internacionais

Baseado em quatro pilares, programa da Casa Branca prevê regularizar 1,8 milhão de ilegais e limitar entrada de parentes nos EUA

O presidente dos EUA, Donald Trump, fez nesta terça-feira (30) o Discurso do Estado da União, uma espécie de balanço de seu primeiro ano no governo e do que virá nos próximos. Temas como imigração, desemprego, terrorismo e as desavenças com a Coreia do Norte se destacaram em quase uma hora e 20 minutos de duração do discurso.


Imigração

Trump apresentou um plano de reforma da imigração baseado em quatro pilares.

O primeiro pilar seria dar cidadania para 1,8 milhões de imigrantes ilegais que foram levados aos EUA quando crianças. Trump disse que este número seria três vezes maior do que o do governo anterior.

— Com nosso plano, aqueles que atenderem aos requisitos de trabalho e educação, que mostrarem bom caráter, poderão se tornar cidadãos dos EUA.

O segundo pilar seria reforçar a segurança com a construção de um muro na fronteira com o México, tema que sempre dividiu opiniões durante sua campanha e em seu primeiro ano de mandato. Além disso, Trump disse que mais oficiais seriam contratados para garantir a segurança das fronteiras.

— Crucialmente, nosso plano fecha brechas exploradas por criminosos e terroristas para entrar em nosso país.

O terceiro plano acabaria com a "loteria de vistos".

— Um programa que dá green cards de maneia aleatória sem preocupação com habilidades, méritos, ou segurança de nosso povo. É hora de caminharmos para um sistema de imigração baseado em mérito. Um sistema que admite pessoas que são talentosas, que querem trabalhar, que vão contribuir para nossa sociedade e vão amar e respeitar nosso país.

O quarto pilar causou polêmica e gerou vaias no Congresso. A ideia é acabar com a "migração em cadeia".

— No quebrado sistema atual, um único imigrante pode trazer um número ilimitado de parentes distantes. Em nosso plano, focamos na família direta ao limitar subsídio para esposa e crianças menores de idade. Essa reforma vital é necessária, não apenas para nossa economia, mas para nossa segurança e nosso futuro.

Arsenal nuclear e Coreia do Norte

Trump pediu um aumento no arsenal nuclear dos EUA.

— Como parte de nossa defesa, precisamos modernizar e reconstruir nosso arsenal nuclear. Que nunca tenhamos que usa-lo, mas o tornando tão forte e poderoso que ele irá dissuadir qualquer ato de agressão. Talvez, algum dia no futuro, teremos um momento mágico em que todos os países do mundo vão se juntar para eliminar armas nucleares. Infelizmente, não chegamos lá ainda.

O presidente mencionou então as ameaças de países como a Coreia do Norte.

— Nenhum regime oprimiu seus próprios cidadãos tanto ou tão brutalmente quanto a cruel ditadura na Coreia do Norte. A imprudente busca da Coreia do Norte por mísseis pode muito em breve ameaçar nossa pátria. Nós precisamos apenas olhar para o caráter depravado do regime na Coreia do Norte para entender a natureza da ameaça nuclear que poderia representar para a América e nossos aliados.

Terrorismo e Guantánamo

PublicidadeFechar anúncio
Trump falou do trabalho para lutar contra o terrorismo e pediu ao Congresso que garantisse que os EUA tenham todo o poder necessário para deter terroristas.

— No ano passado, eu prometi que iríamos trabalhar com nossos aliados para eliminar o Estado Islâmico da face da Terra. Um ano depois, tenho orgulho de dizer que essa união para derrotar o EI liberou quase 100% do território uma vez ocupado por esses assassinos no Iraque e na Síria, e em outras localidades. Continuaremos nossa luta até que o EI seja derrotado.

O presidente anunciou ainda que assinou uma ordem executiva para que a prisão de Guantánamo, em Cuba, continue aberta.

— Eu acabo de assinar uma ordem para o secretário Mattis [James Mattis, secretário de defesa] para reexaminar nossa política de detenção militar e para deixar abertas as instalações na Baía de Guantánamo.

Fechar Guantánamo foi um dos esforços do governo de Barack Obama.

Nacionalismo e união

Durante seu discurso, Trump pediu união e exaltou qualidades do povo americano.

— Ao longo do último ano, o mundo viu o que sempre soubemos. Nenhuma pessoa na Terra é mais destemida ou determinada que os americanos. Se há uma montanha, nós escalamos. Se há uma fronteira, nós cruzamos. Se há um desafio, nós o domamos. Se há uma oportunidade, nós aproveitamos. Vamos começar esta noite reconhecendo que o Estado de nossa união é forte porque nosso povo é forte.

O presidente dos EUA pediu que Republicanos e Democratas se unissem pelo povo.

— Nesta noite, eu chamo a todos para colocarmos nossas diferenças de lado, procurarmos terreno comum, e encontrarmos a unidade que precisamos para servir ao povo. Esta é a chave. Meu dever, como o dever de cada oficial eleito para esta Câmara, é defender os americanos, proteger a segurança deles, suas famílias, comunidades, e o seu direito ao sonho americano. Americanos também são sonhadores.

Trump continua o discurso com tom motivacional.

— Este é, de fato, nosso novo momento americano. Nunca houve um momento melhor para começar a viver o sonho americano. Para cada cidadão assistindo nesta noite, não importa onde você esteve ou de onde você venha, este é o seu momento. Se você trabalhar duro, se acreditar em si mesmo, se acreditar na América, então você pode sonhar qualquer coisa, ser o que você quiser. E juntos, podemos alcançar absolutamente qualquer coisa.

Infraestrutura e desemprego

Trump alega que o desemprego atingiu o nível mais baixo em 45 anos durante seu primeiro ano no governo. Ele também disse que as populações afro-americana e latino-americana também vivenciam um momento de recorde, com número de desemprego mais baixo da história.

Outro tema abordado foi a infraestrutura pública nos EUA.

— Enquanto reconstruímos nossas indústrias é também chegada a hora de reconstruir nossa infraestrutura "esfarelada". Peço aos dois partidos para se unirem para nos dar uma infraestrutura segura, rápida, confiável e moderna, do tipo que nossa economia precisa e nosso povo merece.

Trump pediu um investimento de US$ 1,5 trilhão (R$ 4,7 trilhões) para esta nova infraestrutura.


do R7

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
19/10/2018 17:50:00 - POSIÇÃO DO PSOL SERGIPE SOBRE O SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES 2018
19/10/2018 17:40:00 - EDITAL DE PROCLAMAS Nº 1567
19/10/2018 15:00:00 - PREFEITURA DE SANTA LUZIA ATENDE PEDIDO DE COMUNIDADES RURAIS E LEVA ÁGUA PARA MORADORES
19/10/2018 14:50:00 - BRASIL TEM 477 GRÁVIDAS E LACTANTES NO SISTEMA CARCERÁRIO
19/10/2018 14:50:00 - O PASSEIO DA TIETA
19/10/2018 12:30:00 - Invasão Heatmus no RioMar
19/10/2018 12:00:00 - Justiça Eleitoral cassa mandato do deputado eleito Talysson de Valmir
19/10/2018 11:50:00 - 9 sinais biológicos de que você está envelhecendo
19/10/2018 11:40:00 - Borja e Deyverson treinam no Palmeiras e podem jogar domingo
19/10/2018 11:40:00 - Suspeito da execução de Khashoggi morre em acidente de carro



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Nessas próximas eleições estaduais, dos candidatos por Estância, quem será mais votado em Estância?
Adriana Leite 45 % 45%
Carlos Magno 9 % 9%
Diogo 0%
Jonas do Caldo de Cana 0%
Márcio Souza 27 % 27%
Pastor Moacir 0%
Paulo André 0%
Titó 9 % 9%
Valdevan 90 0%
Zeca das Redes 9 % 9%

USUÁRIOS ONLINE

48 visitantes online (44 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 48

mais...