7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Manchete : AOS 65, BELL MARQUES ENCARA MARATONA DE TOCAR TODOS OS DIAS DE CARNAVAL E CONTA SEGREDO DE SUCESSO: 'CANTO PARA O POVO'
enviou em 01/02/2018 17:30:00 ( 194 leituras )
Manchete

Cantor é único artista a se apresentar em todos os dias na folia de Salvador. Ele ainda adiantou que pretende lançar música que será sua aposta para o verão.

Em preparação para mais um carnaval, o cantor Bell Marques, no alto dos seus 65 anos de idade e 37 de carreira musical, não esconde que ainda sente o que chama de "tensão pré-folia".Aqui em casa, todo mundo fica assim, até o gato. Tem que se preocupar com roupa, repertório, ensaio. Esses momentos são muito tensos.


Único artista a se apresentar todos os dias no carnaval Salvador, ele recebeu o G1 em casa - no bairro da Graça, na capital baiana - e contou, em entrevista exclusiva, como está se preparando para a maratona de shows, que começa no dia 6 de fevereiro (quinta) e só termina na terça-feira de carnaval (13).

Bell vai se apresentar puxando trios elétricos em seis dias de carnaval, incluindo a abertura oficial da festa, e ainda se apresenta dois dias em camarotes.

"Sou o único que toco todos os dias, e isso eu já faço há uns dez anos. Além disso, de uns tempos pra cá, comecei a tocar mais vezes"
Depois da festa em Salvador, Bell diz que o carnaval não para, porque até o sábado [dia 17 de fevereiro], participa de festas em outras cidades. Ele afirma que a idade não é problema e ainda diz que, a cada ano, o fôlego aumenta.

"Depois dos 60 anos pra cá, eu tenho me posicionado melhor dentro do carnaval, talvez por causa da experiência", conta.
"O amadurecimento fez com que eu controlasse as minhas emoções um pouco mais. Antes, tocava menos e saía muito mais desgastado. Continuo correndo meus 10 quilômetros, ou 15, me preparando. E espero que continue assim pelos menos até os 90, que é onde quero chegar", diz.

Ainda mais motivado, por conta do aniversário de 40 anos do bloco Camaleão, um dos mais tradicionais da capital e cuja história Bell ajudou a construir, sobretudo quando ainda integrava o Chiclete com Banana, o artista promete um carnaval "inesquecível" para os fãs em 2018. O Chiclete com Banana começou a puxar o Camaleão em 1990 e seguiu até 2014, quando Bell começou a seguir carreira solo. O cantor, por sua vez, seguiu no comando do bloco, que já puxa há 28 anos.

"As vezes me perguntam como eu consigo fazer sucesso há quase 40 anos, e eu digo que é um trabalho de formiga, uma perseverança constante, competência, muito trabalho. E o Camaleão não é diferente. Sempre foi um bloco de desejo das pessoas", afirma.

"Estamos indo para as ruas, e o diferencial vai ser feito pelos foliões, que contribuíram para que o bloco chegasse onde chegou".

Ao relembrar a trajetória com o Camaleão, Bell diz que não é fácil chegar aos 40 carnavais e conta o que pode ser o segredo para isso.

"Existe uma coisa interessante, que eu não sei se é o segredo, se é a fórmula. Mas eu tenho uma diferença e talvez seja 'a diferença': eu canto para o povo que vai comigo. Eu não canto para a televisão. Eu vejo que alguns artistas, quando chegam na frente das câmeras, param por uma hora e fazem uma apresentação maravilhosa. Depois, quando as câmeras desligam, ele vai embora parecendo que está fazendo um show para ninguém".

"Sempre tive muito cuidado de cantar para as pessoas. Naquele percurso de 5h ou 6h, me dedico plenamente a elas", diz.

Bell ainda afirma que as músicas que caíram no gosto do povo também ajudam a manter o sucesso.

"Sempre dei muita sorte. Consegui fazer grandes sucessos, eternizei grandes músicas dentro do carnaval. Sempe me coloquei de uma forma muito honesta dentro do carnaval, sempre muito presente na vida das pessoas. Isso acaba criando com elas um elo. Não foi à toa que o Chiclete com Banana criou uma legião de fãs imensa, incrível. E hoje, em carreira solo, eu ainda acabo desfrutando um pouco dessa legião que o Chiclete construiu. Acho fantástico as pessoas do meu lado, me seguindo e todos os anos eu esgotando abadás. Isso é tudo que um artista precisa".

"Adoro trio elétrico, é o meu habitat natural. Nasci em cima de um trio. Tem uma magia incrível", diz.
Falando em músicas de sucesso, Bell promete lançar ainda nesta semana um novo hit. Na entrevista concedida ao G1, fez mistério. Sequer deu uma palinha da nova canção a ser gravada às vésperas da folia.

"Eu aposto na minha música que eu vou lançar. Engraçado que eu sempre sou o último da fila. Sempre chego atrasado. Mas isso é uma característica. Parece que existe alguma coisa dos anjos, que dizem pra botar a música na beira do carnaval, e acaba virando sucesso. Só posso dizer que é uma música muito legal. Tenho certeza que vai ser um dos grandes hits desse verão. A minha [música] vai chegar com vontade", garante.

Ao citar seu antigo grupo, o Chiclete com Banana, do qual se desvinculou em 2014 para seguir carreira solo, Bell falou sobre a chegada do novo vocalista da banda e comentou sobre o fato de o novo cantor do grupo ser um cover dele. Khill, ex-integrante da banda Patchanka, foi anunciado pelo Chiclete na semana passada.

"Já o conhecia, e ele sempre fez essa parte de cover. E eu sempre achei bacana isso. Poucos artistas no mundo foram imitados. Poderia citar os Beatles, Roberto Carlos. Várias bandas imitaram o Chiclete e eu sempre fiquei muito feliz por isso. Eu imitei Moraes Moreira: 'Meu Deus, eu queria ser igual a Moraes'. Era o meu grande ídolo. E nunca achei que alguém um dia iria me imitar. O Khill é um menino muito talentoso. É muito difícil dizer que ele vai ser o Bell. Não vai ser, porque é um cara que tem a história dele, e eu tenho a minha. Então, são duas coisas separadas. Mas tomara que o Chiclete consiga se reencontrar outra vez e pegue um posicionamento bacana", destacou.


Por Alan Tiago Alves, G1 BA

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
17/10/2018 08:10:00 - Polícia apreende suspeito com mais de 500 pinos com cocaína e 900g da droga em pó e pasta base
17/10/2018 08:10:00 - EDITORIAL: Ainda a reforma da Previdência
17/10/2018 08:00:00 - Supercampeões, históricos e decisivos: Cássio e Fábio fazem duelo de gigantes em Itaquera
17/10/2018 08:00:00 - FASC: sambista Mart'nália estará em novembro em São Cristóvão
17/10/2018 07:50:00 - Síria utiliza reabertura de fronteiras como mensagem de vitória
17/10/2018 07:50:00 - PF indicia Temer e mais dez no inquérito dos portos
17/10/2018 07:40:00 - Policia Monitora Fake News De Violência Sobre Crianças E Criam Pânico Nas Redes
17/10/2018 07:40:00 - VALADARES FILHO DIZ QUE ESTÁ PREPARADO PARA MUDAR SERGIPE
17/10/2018 07:40:00 - Ponte Do Imperador Registra 158 Anos Da Cultura E História De Sergipe
17/10/2018 07:40:00 - Ibope: Bolsonaro Lidera Entre Mulheres, Negros E Em Quatro Regiões



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Nessas próximas eleições estaduais, dos candidatos por Estância, quem será mais votado em Estância?
Adriana Leite 45 % 45%
Carlos Magno 9 % 9%
Diogo 0%
Jonas do Caldo de Cana 0%
Márcio Souza 27 % 27%
Pastor Moacir 0%
Paulo André 0%
Titó 9 % 9%
Valdevan 90 0%
Zeca das Redes 9 % 9%

USUÁRIOS ONLINE

42 visitantes online (38 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 42

mais...