7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Saúde : Alzheimer: quais os sinais e como evitar o avanço da doença?
enviou em 06/02/2018 13:20:00 ( 115 leituras )
Saúde

A primeira dica é clássica: ter hábitos saudáveis. De acordo com um estudo, uma alimentação rica em folhas verdes, por exemplo, pode retardar em quase dez anos a perda de memória.

Milhares de famílias no Brasil convivem com o Alzheimer, mas quais os primeiros sinais? Qualquer esquecimento já é um sintoma? O neurologista Andre Palmini e o cardiologista e geriatra Roberto Miranda falaram sobre o assunto no Bem Estar desta terça-feira (6) e também explicaram porque alguns idosos conseguem ter uma super memória.


lSegundo o neurologista, é possível reduzir os riscos e danos que a doença provoca conforme vai avançando. A primeira dica é clássica: ter hábitos saudáveis. De acordo com um estudo, uma alimentação rica em folhas verdes, por exemplo, pode retardar em quase dez anos a perda de memória. Já a atividade física aumenta a formação de um tipo de proteína que ajuda a fazer as conexões entre um neurônio e outro, aumentando a capacidade das conexões e, consequentemente, da memória.

Uma pessoa que leu muito ao longo da vida, teve muitos amigos, teve uma vida ativa também na idade avançada, comeu bastante folhas verdes, não tem diabetes, depressão, tem grandes chances de ter uma memória boa e risco mais baixo de ter Alzheimer. Mesmo que a doença apareça, ela demora mais para evoluir.

Perda de memória

A perda de memória nos idosos faz parte do envelhecimento fisiológico. Nem todo problema de memória tem relação com Alzheimer. Segundo o cardiologista e geriatra, o idoso está mais desligado, tem menos obrigações, se cobra menos e isso exige pouco do cérebro.

Os especialistas explicam que é preciso diferenciar os tipos de alteração de memória e buscar ajuda médica assim que perceber algo errado.

Tipo 1: não resgatar – à medida que a idade avança, o cérebro torna-se mais lento para a busca. Este tipo de queixa é muito comum em idosos. Essa queixa não sinaliza o início de Alzheimer.

Tipo 2: não retomar – dificuldade para manter uma memória ‘pausada’ por curtos espaços de tempo, enquanto muda-se o foco da atenção. Também não é um tipo de perda de memória que esteja ligada ao início de Alzheimer.

Tipo 3: não registrar – dificuldade para formar novas memórias. Esse tipo de perda deve ser investigado.


Por G1, São Paulo

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
16/08/2018 11:40:00 - Empresário é executado a tiros em São Cristóvão
16/08/2018 11:30:00 - Etiópia registra mais de 1 milhão de deslocados por violência étnica
16/08/2018 11:30:00 - Rogério Carvalho: “Eu vou ser o candidato. Eu sou elegível. Não tem impedimento”
16/08/2018 11:20:00 - Brasil tem 27,6 milhões de trabalhadores mal aproveitados
16/08/2018 11:20:00 - Corinthians, Fla e Cruzeiro estão nas semifinais da Copa do Brasil
16/08/2018 11:10:00 - SSP Inicia A Instalação De 34 Novas Câmeras De Segurança
16/08/2018 11:10:00 - Sesc Mais Lazer Propõe Valorização Do Patrimônio Cultural
16/08/2018 11:10:00 - Preso acusado de aplicar golpes em locadoras de veículos
16/08/2018 11:10:00 - Por que ainda não sabemos tudo o que gostaríamos sobre a enxaqueca
16/08/2018 10:30:00 - 488 NOMES PEDEM REGISTRO DE CANDIDATURA NO TRE PARA DISPUTAR PLEITO



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

O QUE VOCÊ ACHA DO PREFEITO DE ESTÂNCIA ALUGAR IMÓVEL A PARTICULARES E DEIXAR OS PRÉDIOS PÚBLICOS ABANDONADOS
BOM 0%
PÉSSIMO 57 % 57%
RUIM 42 % 42%

USUÁRIOS ONLINE

23 visitantes online (23 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 23

mais...