7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Manchete : SERGIPE TEM UM CASO DE FEBRE AMARELA EM INVESTIGAÇÃO
enviou em 08/02/2018 09:40:00 ( 22 leituras )
Manchete

Sergipe possui um caso suspeito de febre amarela em investigação, segundo informou o Ministério da Saúde, nesta quarta-feira (7), em atualização sobre o monitoramento da doença no país.Esse foi o primeiro caso notificado da doença no estado, mas ainda não recebeu confirmação. Segundo o Ministério da Saúde, os dados referem-se às informações passadas pelas Secretarias Estaduais da Saúde até o dia 6 de fevereiro. Não há registro confirmado de febre amarela urbana no país.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o paciente com suspeita de febre amarela é uma criança que viajou a São Paulo e retornou à capital sergipana com os sintomas da doença. “Qualquer afirmação antes da conclusão do trabalho de investigação é precipitada”, afirmou o MS em nota.

A análise do caso notificado pela equipe da SES inclui o histórico do paciente e captura de mosquitos para identificar a forma de transmissão na região. Em Sergipe, apenas a cidade de Canindé do São Francisco possui recomendação para vacinação contra doença, embora o estado esteja fora da área classificada como de risco.

No período de monitoramento (de 1º de julho/2017 a 6 de fevereiro de 2018), foram confirmados 353 casos de febre amarela no país, sendo que 98 vieram a óbito. Ao todo, foram notificados 1.286 casos de febre amarela suspeitos, sendo que 510 foram descartados e 423 permanecem em investigação.

Imunização

Sergipe possui 40 municípios receptores da vacina, inclusive localidades que são sede de região, sem possibilidades de fracionamento das doses. Em cidades que possuem menos de 10 mil habitantes está sendo realizada a relação da população que está se deslocando para as zonas de risco e, com base nesse quantitativo, a SES estará enviando a vacina.

A vacina contra a febre amarela não é indicada para pessoas com histórico de alergia à proteína do ovo e indivíduos com imunodepressão de qualquer natureza, ou seja, com diminuição em grau variável da resposta imunológica. Também não é indicada para indivíduos que vivem com HIV, submetidos a transplante de órgãos, com neoplasia, com história pregressa de doenças da glândula timo (miastenia gravis, timoma, casos de ausência do timo ou remoção cirúrgica).

Também não se deve aplicar a vacina em crianças menores de seis meses de idade, aos que possuem alergia à canamicina e eritromicina, pacientes em uso de drogas imunossupressoras ou com infecções.


Por F5 News

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
21/02/2018 10:00:00 - CÂMARA PLANEJA FACILITAR POSSE DE ARMA
21/02/2018 09:50:00 - METEORO CRUZOU O CÉU E FOI VISTO POR MORADORES DA BAHIA E SERGIPE
21/02/2018 09:50:00 - TCE DISCUTE RISCO DE DESTRUIÇÃO DE CAPELA EM ESTÂNCIA
20/02/2018 14:00:00 - Brasil já vive sua narcopolítica
20/02/2018 13:50:00 - Valdevan Noventa admite que seu horizonte político passa pelo PSC
20/02/2018 13:50:00 - Léo Santana foi o artista baiano mais ouvido nas rádios de todo país durante o Carnaval
20/02/2018 13:40:00 - Temer destaca importância da construção de submarinos em Itaguaí
20/02/2018 13:40:00 - Milhares de mulheres se manifestam em Buenos Aires para pedir lei de aborto
20/02/2018 13:40:00 - O que mais influencia no surgimento do câncer?
20/02/2018 13:30:00 - Luizinho Lopes é o novo técnico do Confiança



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Qual a sua avaliação sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Gilson Andrade de Estância
Boa 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Ótima 0%
Péssima 50 % 50%
Regular 50 % 50%
Ruim 0%

USUÁRIOS ONLINE

29 visitantes online (25 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 29

mais...