7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Artigos : EDITORIAL: Febre amarela para todos
enviou em 08/02/2018 14:00:00 ( 65 leituras )
Artigos

No mesmo período do ano passado, foram confirmados 509 casos e 159 óbitos. Na relação aparece um caso sob investigação em Sergipe.

O Ministério da Saúde divulgou ontem balanço atualizado em que aponta em 353 o número de casos confirmados de febre amarela e em 98 os óbitos provocados pela doença entre 1º de julho de 2017 e 6 de fevereiro deste ano. No mesmo período do ano passado, foram confirmados 509 casos e 159 óbitos. Na relação aparece um caso sob investigação em Sergipe.


Na verdade, causa preocupação o fato de termos casos notificados e em investigação praticamente em todo o país. O balanço diz que há casos ou suspeitas sob investigação de casos no Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Os dados, caso venham a ser confirmados, garantem a presença do transmissor em todas as unidades da federação, embora os destaques no noticiário sejam São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Bahia.

O boletim tornado público revela que foram notificados em todo o país 1.286 casos suspeitos de febre amarela, sendo que 510 foram descartados e 423 permanecem em investigação.

Os informes de febre amarela seguem, desde o ano passado, a sazonalidade da doença, que acontece, em sua maioria, no verão. Dessa forma, o período para a análise considera de 1º de julho a 30 de junho de cada ano. No momento, o Brasil é território propício.

Ontem, em nota, o ministério reforçou que não há registro confirmado de febre amarela urbana no país, mas destacou que o caso da doença identificado em São Bernardo do Campo (SP) está sendo investigado por uma equipe da secretaria Estadual de Saúde.

Há a informação que deve ser observado que o paciente mora na região urbana e possivelmente trabalha na área rural. Qualquer afirmação antes da conclusão do trabalho é precipitada. É importante informar que São Bernardo do Campo (SP) é uma das 77 cidades dos três estados do país (São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia) incluídas na campanha de fracionamento da vacina de febre amarela.

Segundo o comunicado, a probabilidade da transmissão urbana no Brasil é considerada baixíssima. Ao menos por enquanto.


Por: JornaldaCidade.Net

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
21/05/2018 09:40:00 - Existem sinais que podem alertar sobre suicídio, diz especialista
21/05/2018 09:40:00 - Homem transportava drogas de São Paulo para Sergipe em micro-ônibus clandestino
21/05/2018 09:40:00 - Arraiá do Aviões
21/05/2018 09:30:00 - CONFIRA O PERFIL DOS CONVOCADOS PARA COPA DO MUNDO
21/05/2018 09:30:00 - Fábio Reis aposta em renovação no MDB e vê Marcos Franco como bom vice de Belivaldo
21/05/2018 09:30:00 - ORSSE apresentará clássicos de Hollywood em concerto
21/05/2018 09:30:00 - Terremoto de 3,8 graus causa pânico no centro da Itália
21/05/2018 09:20:00 - Pedidos De Aposentadoria Por Telefone E Internet Começam Hoje
21/05/2018 09:20:00 - Bandidos Estouram Caixas Do Banco Do Brasil No Município De Umbaúba
21/05/2018 09:10:00 - BC TRIPLICA OFERTA DE DÓLAR NO MERCADO NESTA SEGUNDA-FEIRA



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Qual a sua avaliação sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Gilson Andrade de Estância
Boa 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Ótima 0%
Péssima 50 % 50%
Regular 50 % 50%
Ruim 0%

USUÁRIOS ONLINE

22 visitantes online (20 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 22

mais...