7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Saúde : Como reconhecer os sinais do déficit de atenção
enviou em 21/02/2018 14:40:00 ( 194 leituras )
Saúde

É comum confundir hiperatividade com agitação. O diagnóstico de TDAH só pode ser dado a partir dos seis, sete anos.

Criança dispersa e desatenta, criança que não termina as atividades, criança hiperativa. Como saber se é só agitação ou se é Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)? O neuropediatra Felipe Kalil falou sobre diagnóstico e sinais no Bem Estar desta quarta-feira (21). A consultora e pediatra Ana Escobar falou sobre aprendizado – comer, dormi e se mexer! O tripé fundamental para as crianças aprenderem mais.


Segundo o neuropediatra, é comum confundir hiperatividade com agitação. Ele lembra que o diagnóstico de TDAH só pode ser dado a partir dos seis, sete anos. Crianças com diagnóstico de TDAH têm dificuldade de aprender coisas, mas não por problema cognitivo, mas por dificuldade de concentração.

O TDAH se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade e ocorre em 3% e 5% das crianças. Para fechar o diagnóstico, os pais podem buscar neurologistas, psiquiatras, psicólogos, fonoaudiólogos, psicopedagogos, terapeutas ocupacionais.

Toda criança tem nível de agitação de aceitação para a idade. Entretanto, alguns sinais indicam que os pais devem procurar ajuda profissional: quando a criança importuna outro colega na escola; se a criança tem dificuldade para se relacionar; se ela não acaba uma atividade e já começa outra; ou se sofre um bullying, é jogada de lado.

O tratamento envolve terapias cognitivo-comportamentais, intervenções familiares, na escola, e, às vezes, medicamentosa. Nem todas as pessoas precisam de remédio.

Muitos pais têm dificuldade de lidar com o TDAH. O Bem Estar listou algumas dicas do que fazer:

Reforçar o que há de melhor na criança
Não estabelecer comparações entre os filhos
Procurar conversar sempre com a criança sobre como está se sentindo
Aprender a controlar a própria impaciência
Estabelecer regras e limites dentro de casa
Não esperar “perfeição”
Não cobrar resultados – cobrar empenho
Elogiar! Estímulo nunca é demais
Usar o português claro e direto
Não exigir mais do que a criança pode dar
Não sobrecarregar a criança com excesso de atividades extracurriculares
Ter sempre um tempo disponível para interagir com a criança
Programar atividades diferentes e criativas


Por G1, São Paulo

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
17/12/2018 09:40:00 - Suspeito de abusos sexuais, João de Deus passa 1ª noite na prisão em GO
17/12/2018 09:40:00 - Metade das crianças sírias cresceu em meio à guerra no país
17/12/2018 09:40:00 - Prêmio de R$ 800 mil sai para o Estado de Sergipe
17/12/2018 09:40:00 - EDITORIAL: Quem sair por último, apague a luz!
17/12/2018 09:30:00 - Propriá E Porto Real Do Colégio Registram Tremor De Terra No Final De Semana
17/12/2018 09:30:00 - CASAL DE TRAFICANTES É PRESO COM CERCA DE 100 KG DE MACONHA
17/12/2018 09:20:00 - PAPA FRANCISCO DEFENDE PACTO SOBRE MÍGRAÇÃO QUE BOLSONARO QUER ABANDONAR
17/12/2018 09:20:00 - UM JOVEM É MORTO E OUTRO FERIDO, EM ESTÂNCIA
17/12/2018 09:10:00 - VALDEVAN NOVENTA SERÁ DIPLOMADO SOB ESCOLTA POLICIAL
16/12/2018 18:10:00 - Audiências Referentes Construção Casas Na Praia Do Saco Foram Bem Sucedidas



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Na sua opinião, quem será o próximo prefeito de Estância em 2020?
Adriana Leite (PRB) 11 % 11%
Dominguinhos (PT) 2 % 2%
Márcio Souza (PSOL) 86 % 86%
Você acredita que a prefeitura de Estância vai restaurar a Casa da Cultura?
Sim 4 % 4%
Não 95 % 95%
Nenhuma das Alternativas 0%

USUÁRIOS ONLINE

38 visitantes online (37 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 38

mais...