7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Nacionais : MAIA DESCARTA CRIAÇÃO DE NOVOS IMPOSTOS PARA CUSTEAR SEGURANÇA
enviou em 22/02/2018 09:30:00 ( 193 leituras )
Nacionais

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), descartou ontem (21) a criação de novos impostos no país. Segundo ele, o presidente da República teria consultado sobre a possibilidade da criação de um imposto para custear gastos com segurança pública.



“Aqui na Câmara, não passa a criação de nenhum imposto”, afirmou. “Informalmente o presidente [Michel Temer] perguntou e eu disse a ele que o único caminho que ele teria era uma Emenda Constitucional, que o próprio decreto de intervenção inviabiliza. Acho que não é essa discussão. Ao invés de se tratar de um aumento de receitas, a gente pode tratar da diminuição de despesas. Podemos começar diminuindo o número de ministérios, pode ser um caminho”, completou.

A discussão sobre o aumento de receitas ocorre após a divulgação do pacote de 15 propostas econômicas consideradas prioritárias pelo governo.

A lista de projetos foi apresentada nesta segunda-feira (19) pelo Palácio do Planalto e reúne os dispositivos legais que devem ser tratados como prioritários no Congresso em alternativa à proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência. Com a intervenção federal no Rio de Janeiro, Câmara e Senado ficam impedidos de votar qualquer alteração à Constituição, como é o caso da reforma.

Apesar da declaração de Maia, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou que desconhecia o assunto de criação de novos impostos. “Não tenho conhecimento de nada nesse sentido. Nunca ouvi falar disso”, disse Marun.

Nesta tarde, o ministro esteve na Câmara dos Deputados para apaziguar o clima entre os poderes Executivo e Legislativo após as reações negativas do presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia, e do presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), sobre o anúncio do governo das medidas prioritárias.

“Nós reconhecemos e sabemos muito bem que a pauta [do Legislativo] é uma decisão dos presidentes das Casas Legislativas. O governo envia uma sugestão de priorização de alguns temas, que já estão em discussão aqui no Parlamento ou aqui na sociedade. Temas esses que entendemos que, se aprovados, melhorariam o ambiente da economia brasileira”, argumentou.

Segundo o ministro, o tema poderia ter sido debatido com o Legislativo antes de ser divulgado. “Talvez, antes de anunciar nós devêssemos ter trazido aqui”, disse. “Mas isso já é coisa superada”, completou.


Agencia Brasil

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
18/01/2019 11:50:00 - SHOWS COM BANDAS ANIMARÃO A FESTA DE SÃO SEBASTIÃO DO POVOADO BOTEQUIM EM SANTA LUZIA DO ITANHI
18/01/2019 11:50:00 - A TRAGÉDIA DO “RISADA DE TIGRE”: UM POETA ESTANCIANO EM TERRA FLUMINENSE
18/01/2019 09:50:00 - Fest Verão Sergipe começa nesta sexta-feira
18/01/2019 09:40:00 - Operação conjunta captura envolvidos em roubo e latrocínio em SE e BA
18/01/2019 09:40:00 - Batida entre ônibus da Coopertalse e caçamba deixa feridos na BR-101
18/01/2019 09:40:00 - EDITORIAL: Sergipe em crise
18/01/2019 09:40:00 - Motorista de carro-bomba invadiu escola de polícia em Bogotá
18/01/2019 09:30:00 - São Cristóvão Inicia Cadastramento De Terreiros, Quilombos E Aldeias Indígenas
18/01/2019 09:30:00 - Brasil “Tudo Fará” Para Ajudar A Venezuela, Diz Itamaraty
18/01/2019 09:30:00 - Governo pretende fechar seis escolas em Sergipe



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Na sua opinião, quem será o próximo prefeito de Estância em 2020?
Adriana Leite (PRB) 11 % 11%
Dominguinhos (PT) 2 % 2%
Márcio Souza (PSOL) 86 % 86%
Você acredita que a prefeitura de Estância vai restaurar a Casa da Cultura?
Sim 4 % 4%
Não 95 % 95%
Nenhuma das Alternativas 0%

USUÁRIOS ONLINE

29 visitantes online (25 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 29

mais...