7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Sociedade : Seca atinge mais de 70 mil pessoas em Sergipe
enviou em 07/03/2018 15:00:00 ( 67 leituras )
Sociedade

Apenas cerca de 26 mil recebem assistência de ação do Governo Federal.

O verão chegou e já está castigando o povo sertanejo sergipano. Sete municípios decretaram estado de emergência mediante estiagem e seca, onde mais de 70 mil pessoas estão sendo atingidas. Do número total da população afetada, somente 25.942 estão recebendo assistência com a Operação Carro-Pipa, ação vinda do Governo Federal.Carira, Canindé de São Francisco, Monte Alegre de Sergipe, Porto da Folha e Frei Paulo são os municípios que decretaram problemas por conta da estiagem, período em que as chuvas ficam escassas.


Já Poço Redondo e Gararu enfrentam seca. Segundo o diretor da Defesa Civil do Estado de Sergipe, Alexandre Alves, o número de pessoas assistidas se dá pelo fato de serem esses os que não possuem infraestrutura hídrica em suas residências.

“Essas mais de 25 mil pessoas não têm água encanada em suas casas, por isso que necessitam do apoio da Operação Carro, por não terem o cano que leva a água tratada da Deso até as suas casas”, explica o diretor.

O número de municípios em situação de emergência diminuiu consideravelmente em comparação com o mesmo período em 2017. “Esse período considerado o auge do verão em 2017, nós tivemos 25 municípios em situação de emergência. Eram os municípios do alto sertão, centro-sul, médio sertão e agreste sergipano. O número caiu bastante em 2018, inclusive está sendo o ano com menos decretações, tudo isso em função das chuvas do inverno passado que tivemos um volume de chuvas acentuado”, destaca Alexandre.

Segundo o diretor, apesar de estarem em situação de vulnerabilidade social representada, não significa dizer que as pessoas afetadas estão em situação de fome. “Normalmente essas pessoas moram em lugares espessos, dentro de povoados, e são pessoas carentes. Mas, é uma situação a ser analisada. No Brasil, todas as pessoas que têm a vulnerabilidade declarada recebem as ajudas sociais dos governos”, reitera.

Além da ação do Governo Federal com a operação Carro-Pipa, Alexandre informou que os municípios também buscam formas de contribuir com a situação. “O município dá sua parcela colocando carros adicionais para atender à população. O papel do Estado é homologar e encaminhar o processo ao Governo Federal para solicitar os recursos, mas, também está estudando a possibilidade de entrar no mês de março com carro-pipa em alguns desses municípios”, disse o diretor.


Por: Lais de Melo/Jornal da Cidade

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
19/06/2018 11:20:00 - Ferrugem vai lançar novo DVD em Aracaju
19/06/2018 11:20:00 - Aval de Messi, idolatria no Boca e multa de R$ 136 mi: Pavón, a salvação da Argentina
19/06/2018 11:00:00 - Para que serve o chá de hortelã?
19/06/2018 11:00:00 - Albano Franco declara dois votos: André Moura e Laércio Oliveira
19/06/2018 10:50:00 - Xodó da Vila se sagra campeã da Rua de São João
19/06/2018 10:50:00 - Bandidos capotam carro roubado em Itaporanga
19/06/2018 10:50:00 - Samu recebe mais de mil trotes em apenas uma semana
19/06/2018 10:50:00 - Petrobras inicia fase da venda de campos terrestres
19/06/2018 10:50:00 - Tempestade inunda cidade-sede da Copa do Mundo na Rússia
19/06/2018 10:40:00 - CELSE recebe as primeiras turbinas a gás 7HA da GE



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Qual a sua avaliação sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Gilson Andrade de Estância
Boa 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Ótima 0%
Péssima 50 % 50%
Regular 50 % 50%
Ruim 0%

USUÁRIOS ONLINE

48 visitantes online (44 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 48

mais...