7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Manchete : FALTA DE ESTRUTURA PREJUDICA ATIVIDADES EM ESCOLA DE UMBAÚBA
enviou em 07/03/2018 15:20:00 ( 204 leituras )
Manchete

Seed ainda busca recursos para reforma, mas promete serviços emergenciais

Problemas em uma escola estadual da cidade de Umbaúba, Sul de Sergipe, têm deixado professores e alunos insatisfeitos. Banheiros, janelas e ventiladores quebrados, fiação danificada, rachaduras na estrutura do prédio geram reclamações constantes no colégio Doutor Antônio Garcia Filho, que atende cerca de mil estudantes em três turnos.


Segundo professores da unidade, a escola foi esquecida pelo Governo do Estado e não possui condições mínimas de funcionamento. De acordo com eles, o colégio está há 50 anos de existência sem nunca passar por reforma ou reparos, há quatro anos sem receber recursos federais, e desde o ano passado sem verba estadual.“Nas salas de aula é um calor insuportável, os alunos e os professores não conseguem se concentrar, as portas estão quebradas, parte do forro caiu. Houve uma falha na prestação de contas da diretoria na gestão há três anos e o Ministério Público bloqueou as verbas federais. Da estadual recebemos em 2016, mas não por completo, mas ano passado foi quando piorou, não foi recebida nenhuma verba, a escola passou o ano todo com apenas cinco mil reais de suprimento de fundos que a SEED liberou”, afirma a professora de artes Fernanda Matos.As verbas estaduais e federais são destinadas para as escolas de acordo com a matrícula.

A educadora afirma que o montante total enviado para a Garcia Filho normalmente chega em torno de R$ 50 mil, sendo a verba federal em cerca de R$ 20 mil. Dinheiro que, segundo ela, está fazendo falta até mesmo para compra de material didático. “Faltam papéis para imprimir provas, a gente teve que tirar do bolso dos professores e da equipe diretiva e coordenativa”, diz.

A reclamação ainda é com a falta de professores e de funcionários de apoio para limpeza que foram desvinculados da escola este ano pelo fim do contrato. "Atualmente são 27 educadores, faltando cinco para fechar o quadro”. A professora teme pelo início do ano letivo. “Algumas turmas ficaram sem professor o ano todo e esse ano começamos com mais déficit. Não sei como vai ser para funcionar desse jeito”, relata Matos, acrescentando que a comunidade tentou buscar solução com os gestores estaduais, mas nada foi feito.A Secretaria de Estado da Educação informa que a diretoria anterior deixou a escola inadimplente e por isso está impossibilitada de receber as verbas, mas que a direção atual busca regularizar a situação.

A Seed diz ainda que ano passado repassou R$ 5 mil de verba de suprimento de fundo, para ajudar em despesas básicas, e que no final deste mês vai repassar o mesmo montante.Ainda segundo a assessoria da Secretaria, “existe projeto pronto para reforma total da escola, mas a Seed ainda não dispõe de verba e está em busca de captação de recursos.

Em abril, quando retornar os investimentos da Pequena Monta, a Seed de imediato irá realizar serviços emergenciais, a fim de que o ano letivo continue ocorrendo a contento”.Sobre a falta de materiais didáticos, o órgão diz que a Diretoria Regional de Educação desconhece o problema e que a escola tem prioridade justamente pela falta de verba. Já a respeito da contratação de professores e funcionários, a Seed esclarece que o Processo Seletivo Simplificado para executor de serviços básicos já está na Secretaria de Planejamento para ser finalizado; para os professores o concurso foi autorizado e está sendo finalizado o levantamento de vagas, porém, a Secretaria nega falta de docentes no colégio.

Fotos: cedidas por Fernanda Matos
Por Fernanda Araujo

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
21/03/2019 09:30:00 - Planalto pressiona para enterrar CPI de Alessandro
20/03/2019 11:40:00 - MÁRCIO SOUZA: “DIRIA QUE PARA NÓS POUCO IMPORTA SE IVAN E GILSON CAMINHARÃO JUNTOS OU SEPARADOS”
20/03/2019 11:30:00 - VALDEVAN 90 AFIRMA SER CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA
20/03/2019 11:10:00 - DEUS, PT, MERCADO E PIADA COM HOMOFOBIA: A 1ª FALA DE BOLSONARO NOS EUA
20/03/2019 10:10:00 - Terremoto de 5,5 graus deixa três mortos e 182 feridos na Indonésia
20/03/2019 10:00:00 - MPF/SE processa DNIT e União para acelerar a conclusão da duplicação da BR-101
20/03/2019 10:00:00 - Patriotismo baba ovo
20/03/2019 10:00:00 - Última superlua de 2019 brilhará no céu na noite desta quarta-feira (20)
20/03/2019 09:50:00 - Senador protocola pedido de criação da CPI da Lava Toga
20/03/2019 09:50:00 - Para Bolsonaro, encontro com Trump abre "novas frentes de cooperação"



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Dos últimos prefeitos e o atual, em dois anos de mandato, quem fez mais por Estância?
Carlos Magno 75 % 75%
Gilson Andrade 8 % 8%
Ivan Leite 16 % 16%
Na sua opinião, quantos candidatos a prefeito Estância deve lançar em 2020?
Três 25 % 25%
Quatro 0%
Cinco 75 % 75%

USUÁRIOS ONLINE

32 visitantes online (29 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 32

mais...