7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Manchete : SENADO APROVA PLANO CONTRA HOMICÍDIO DE JOVENS
enviou em 14/03/2018 08:40:00 ( 65 leituras )
Manchete

O Senado aprovou, nesta terça-feira (13), o projeto que institui o Plano Nacional de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens, tendo como principal objetivo reduzir, em dez anos, os altos índices de assassinato de jovens negros e pobres, condição que lidera o ranking de mortes nessa faixa etária no país. A proposta, que ainda precisa ser votada pelos deputados, foi criada após os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Assassinato de Jovens, que funcionou no Senado entre 2015 e 2016.

Os senadores também aprovaram, em votação simbólica, o projeto de lei que amplia a pena para os casos de feminicídio cometidos contra pessoas com condição limitante ou de vulnerabilidade. A matéria, que inclui também o homicídio de mulheres na presença física ou virtual de pais e filhos das vítimas, precisa ser aprovada pela Câmara e depois sancionada pelo presidente da República para que vire lei.

O Plano Nacional de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens foi aprovado pela unanimidade dos presentes, sem a necessidade de uma discussão prévia. Os parlamentares buscam, neste momento, imprimir uma agenda na área de segurança ao longo deste ano, e, nas últimas semanas, os senadores já haviam aprovado o projeto de lei (PLS 240/2016) na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Feminicídio


O projeto aumenta a pena de reclusão para os crimes de feminicídio praticados na presença de parentes da vítima ou cometidos contra idosos ou meninas menores de 14 anos. O feminicídio, assassinato vinculado à condição de mulher da vítima, prevê atualmente pena de reclusão de 12 a 30 anos. Caso seja cometido contra pessoas de idade avançada, ou na presença de descendente ou ascendente da vítima, a legislação já prevê o aumento da pena de 1/3 até a metade da prisão.

O projeto, porém, busca garantir uma pena maior para o feminicídio de pessoas com deficiência, mulheres com doenças degenerativas ou com vulnerabilidade física ou mental. A proposta também prevê aumento da pena nos casos de presença física ou virtual de algum parente da vítima. Durante a votação, os senadores aceitaram a retirada do trecho que estabelecia pena maior também para o descumprimento das medidas protetivas previstas na Lei Maria da Penha. Com a alteração, a proposta segue novamente para análise dos deputados.

A senadora Simone Tebet defendeu a retirada do descumprimento das medidas protetivas do projeto. Segundo ela, o Senado já aprovou na semana passada uma matéria que pune os homens que violarem a proibição judicial de se aproximarem das mulheres nos casos de violência doméstica e familiar.


Fonte: Agência Brasil

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
21/06/2018 10:10:00 - Tite admite ajustes em jogo "decisivo", mas minimiza pressão sobre Neymar e resultado
21/06/2018 10:00:00 - Como o uso de ar-condicionado está deixando o mundo mais quente
21/06/2018 09:50:00 - Venezuela triplica salário mínimo para R$ 4,29
21/06/2018 09:50:00 - Saiba como evitar acidentes com fogos de artifício
21/06/2018 09:50:00 - Festival da Mandioca reúne grandes atrações em Lagarto
21/06/2018 09:50:00 - Estados E Municípios São Os Que Mais Contribuem Para Sustentar SUS
21/06/2018 09:50:00 - Marcio afirma que pode denunciar suposta carta psicografada por Déda
21/06/2018 09:50:00 - Homem é preso sob acusação de estuprar e agredir uma jovem de 23 anos de idade em Tobias Barreto (SE)
21/06/2018 09:50:00 - Forró Caju: 95% da estrutura para a festa está montada
21/06/2018 09:40:00 - Mais de 80 policiais em operação no Baixo São Francisco; líder morre em confronto com a polícia



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Qual a sua avaliação sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Gilson Andrade de Estância
Boa 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Ótima 0%
Péssima 50 % 50%
Regular 50 % 50%
Ruim 0%

USUÁRIOS ONLINE

28 visitantes online (26 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 28

mais...