7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Manchete : Sergipe recorre ao STF por arrecadação do DRU
enviou em 12/06/2018 09:50:00 ( 58 leituras )
Manchete

Sergipe e mais 22 Estados da Federação, além do Distrito Federal, entraram nesta segunda-feira (11), no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, com uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) para cobrar recursos que a União deve aos Estados. No último dia 4 de abril, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, encaminhou ofício ao Governo Federal sobre o assunto e não foi sequer respondido.

Diante de tal omissão, 24 Governadores assinaram a ação, juntamente com os respectivos Procuradores Gerais que protocolizaram nesta tarde no STF. O documento reforça o ofício de abril cobrando o repasse de 20% da parcela que cabe aos Estados da Desvinculação das Receitas da União (DRU). A estimativa é de que, apenas em 2017, os valores devidos aos estados cheguem a R$ 20 bilhões. O documento enviado ao Governo Federal solicita os valores não repassados nos últimos 5 anos.

A DRU é um instrumento utilizado pela União para fins diversos, já que permite ao Governo Federal acesso a parcela das contribuições sociais (que têm finalidades específicas) sem compartilhar receita com os Estados. O artifício permite que o Governo Federal retire do orçamento da previdência, por exemplo, 30% do montante que é arrecadado pelas contribuições sociais, que são incorporados ao caixa único do Tesouro Nacional para o Governo utilizar como achar melhor, sem compromisso de aplicar no segmento específico para o qual a contribuição foi criada.

Nesse sentido, as contribuições funcionam como um imposto disfarçado com a única finalidade de não compartilhar 20% do montante com os Estados. O prejuízo aos Estados assim é enorme. Da mesma forma, perde a área social com os investimentos que poderiam ser feitos especificamente nas áreas determinadas pela contribuição.

A DRU, dessa forma, possibilita a União aumentar a carga tributária do país centralizando os recursos no ente federal, sem compartilhar receitas com os Estados, em patente fraude à constituição e ao princípio federativo. A carga tributária aumenta e os Estados e Municípios, assim, saem perdendo, o que prejudica a população, de uma maneira geral, que fica sem parte das políticas públicas que seriam implementadas nos Estados. Trata-se de prática que afronta a Constituição Federal, aumenta a centralização de recursos na União em uma flagrante negação do princípio federativo.


Foto: Ilustrativa/ASN

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
23/10/2018 11:40:00 - CATÓLICOS DO MOCAMBO CELEBRARÃO SÁBADO (27), O SEU PADROEIRO SÃO GALVÃO
23/10/2018 09:20:00 - 'ELE É ANTI SER HUMANO. É TUDO QUE PRECISA SER VARRIDO DA FACE DA TERRA', DIZ HADDAD SOBRE BOLSONARO
23/10/2018 09:20:00 - PREFEITURA DE SANTA LUZIA INAUGURA SALA DE FISIOTERAPIA E ABORDA EM PALESTRA SAÚDE BUCAL E O CÂNCER DE MAMA
23/10/2018 09:10:00 - EMPRESÁRIO DE SERGIPE LEVA COMITIVA PARA REUNIÃO COM JAIR BOLSONARO
23/10/2018 09:00:00 - PF NÃO RECEBEU DENÚNCIAS DE FAKE NEWS EM SERGIPE
22/10/2018 12:10:00 - ESTÂNCIA DE LUTO MORRE AOS 95 ANOS, JOÃO DE AGIU, CO-FUNDADOR DO JORNAL FOLHA TRABALHISTA
19/10/2018 17:50:00 - POSIÇÃO DO PSOL SERGIPE SOBRE O SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES 2018
19/10/2018 17:40:00 - EDITAL DE PROCLAMAS Nº 1567
19/10/2018 15:00:00 - PREFEITURA DE SANTA LUZIA ATENDE PEDIDO DE COMUNIDADES RURAIS E LEVA ÁGUA PARA MORADORES
19/10/2018 14:50:00 - BRASIL TEM 477 GRÁVIDAS E LACTANTES NO SISTEMA CARCERÁRIO



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

QUEM SERÁ O PRESIDENTE DA REPÚBLICA?
BOLSONARO - 17
HADDAD - 13
QUEM SERÁ O GOVERNADOR DE SERGIPE?
VALADARES FILHO - 40
BELIVALDO CHAGAS - 55

USUÁRIOS ONLINE

33 visitantes online (31 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 33

mais...