7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Cultura : Ofá Modê ressignifica legado afro-brasileiro através de esculturas
enviou em 10/08/2018 09:40:00 ( 154 leituras )
Cultura

Pelo terceiro ano consecutivo, a Galeria de Arte J. Inácio realiza uma série de seis exposições artísticas selecionadas via edital de ocupação. Na manhã dessa quarta-feira, 08, foi lançada a exposição ‘Origem’, do artista Ofá Modê. O evento aconteceu no corredor cultural da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), já que o espaço da Galeria passa por uma ampla reforma.

A mostra foi contemplada pelo público em geral que prestigiou as obras e o artista. Obras essas, que encantaram profundamente o público com a mensagem de ressignificação da cultura afro-brasileira. A exposição também contribuiu com a produção artística local, valorando a matriz africana, bem como a afrosergipanidade, viando a quebra de preconceitos cristalizados e naturalizados no nosso dia a dia.

Para o artista, que voltou a esculpir após vinte anos sem fazê-lo, a realização em compartilhar o trabalho com o público e transmitir uma mensagem de forma poética através da arte é recompensador. “Me sinto muito realizado porque passei vinte anos parado por falta de expectativa no campo artístico. Era um sonho de criança que foi colocado no esquecimento, e com a iniciação veio o renascimento da minha carreira artística”, relata.

Em toda a exposição, duas obras comoveram Ofá Modê em sua criação: a escultura ‘A Origem’, obra principal que representa as forças sexuais femininas; e ‘A Construção’, que é uma reconstrução de uma obra que ele fez quando era criança. Além da contemplação de belas artes esculpidas, o público também desfrutou de uma ótima musicalidade apresentada pela cantora Jaque Barroso, acompanhada do violinista, Júnior Guerra, e da percussionista, Elis Correia.

Promovido pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), o Edital de Ocupação da Galeria J. Inácio visa estimular a produção arte visual em Sergipe, assim como oferecer ao público acesso a mostras de qualidade. A exposição segue aberta ao público até o dia 06 de setembro, no corredor cultural Wellington Santos ‘Irmão’,com livre visitação.


Fonte : Secult

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
18/07/2019 15:40:00 - Maruim Reúne Quadrilhas Juninas De Oito Municípios Neste Sábado
18/07/2019 15:30:00 - Marcou nove, perdeu cinco: veja em detalhes todas as cobranças de pênalti de Diego no Flamengo
18/07/2019 15:30:00 - Paris fará 'limpeza profunda' em escolas perto da Notre-Dame após denúncia de contaminação de chumbo
18/07/2019 13:50:00 - Marília Mendonça comanda show em Aracaju no dia 20 de julho
18/07/2019 13:40:00 - Excesso de café aumenta chance de pressão alta em pessoas predispostas
18/07/2019 13:40:00 - Governo quer reduzir alíquota do IR para máximo de 25%, diz Bolsonaro
18/07/2019 13:40:00 - Riachão do Dantas pode ter outra mulher no comando da cidade
18/07/2019 13:30:00 - Acidente com ônibus escolar deixa feridos em Pedrinhas (SE)
18/07/2019 13:30:00 - Aos 87 anos, Raimundo Juliano recebe comenda Júlio Prado Vasconcelos
18/07/2019 12:50:00 - Senadores de SE já gastaram mais de R$ 447 mil



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Os prédios públicos da prefeitura de Estância devem ser reformados e utilizados pela gestão?
Não 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Sim 100 % 100%
Qual a sua opinião sobre a Casa da Cultura de Estância. A prefeitura deve restaurá-la e colocá-la para funcionar?
Sim 92 % 92%
Não 0%
Nenhuma das Alternativas 7 % 7%

USUÁRIOS ONLINE

24 visitantes online (24 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 24

mais...