7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Esportes : Na Colômbia, o excelente resultado do Atlético "Furacão" Paranaense
enviou em 06/12/2018 09:50:00 ( 16 leituras )
Esportes

Pela Sul-Americana, um empate, 1 X 1, numa decisão que, além do título, vale uma vaga para a Liberta de 2019. Agora, basta 1 X 0 em Curitiba.

Com o resultado de 1 X 1, nesta quarta-feira, 5 de Dezembro, contra o Atlético Junior de Barranquilla, Colômbia, o Atlético Paranaense consolidou mais um pouco a sua excelente ascensão no desfecho da temporada de 2018.Localizada a quase 1.000 quilômetros da capital Bogotá, a cidade fica junto ao Mar do Caribe, tem cerca de 390 anos de História e uma população acima de 1,2 milhão. O prélio, realizado no repleto Estádio Metropolitano Roberto Menéndez, 46.692 lugares, valeu pela primeira metade da decisão da Copa Sul-Americana de 2018.


No retorno, dia 12, na Arena da Baixada, dentro de Curitiba, ao “Furacão” bastará uma vitória simples, mínima, de 1 X 0.

O “Tiburón”, ou “Tubarão” correrá atrás de um outro empate para carregar a decisão à disputa de penais. Na Sul-Americana não prevalece o conceito do tento qualificado, em dobro, quando feito como visitante.

Dois treinadores de trajetórias bem diferentes representaram as suas agremiações e os seus estilos no confronto. Pelo Junior, Júlio Comesaña, 60 de idade, colombiano nascido no Uruguai, ex-volante que chegou a disputar 235 pugnas pelo clube mas, meramente destinado à proteção da sua zaga, só anotou 2 gols. No encargo de técnico desde 1982, Comesaña foi o orientador do “Tiburón” em sete ocasiões diversas. Para desembarcar na decisão atual, superou o Lanús da Argentina (1 X 0, 0 X 1 e 6 X 5 nos penais), os igualmente platinos Colón (1 X 0 e 1 X 1) e Defensa y Justicia (2 X 0 e 1 X 3), e o seu compatriota Santa Fé (2 X 1 e 1 X 0). Embora tenha somado 7 títulos da Colômbia, o Junior jamais levantou qualquer troféu internacional.

Bem mais jovem, aos 38, um gaúcho de Santa Maria que nunca disputou uma partida profissional do seu esporte, Tiago Retzlaff Nunes optou pelo posto de técnico em 2005. Porém, apenas em 2010, e no Rio Branco do Acre, deixou as funções de assessor e se tornou efetivo. Na verdade, um efetivo de idas e vindas pois, em 2013, quando voltou ao seu Rio Grande do Sul, assumiu o elenco o sub-20 do Grêmio. Um episódio inusitado o levou ao Atlético Paranaense. Em Abril de 2017, o “Furacão” organizou uma seletiva insólita com três candidatos interessados ao posto de comando da sua equipe sub-19. Pois Tiago brilhou até numa prova escrita. Cresceu bastante no clube, tomou conta do time de aspirantes que, no lugar dos poupados titulares, conquistou o Estadual de 2017. E em Junho deste ano, como simples interino, após a 13ª rodada do Brasileiro, substituiu o demitido Fernando Diniz.

Então, o “Furacão” amargava a vice-lanterna do torneio, meros 9 pontos em 36 disponíveis. Tiago, no entanto, demonstrou mais carisma do que se esperava. O elenco depressa o aceitou como um novo líder. O Atlético evoluiu, formidavelmente. Terminou o Campeonato nos 57 pontos, sétima colocação, só um degrau abaixo do limite de qualificação à Libertadores de 2019. Caso, no entanto, o clube vença a Sul-Americana, abiscoitará a vaga, automaticamente. Em 2005, aliás, o “Furacão” batalhou pelo ouro da Libertadores com o São Paulo e sucumbiu na decisão, 0 X 0 e 0 X 4. Agora, nesta chamada segunda divisão continental, superou o Newell’s Old Boys da Argentina (3 X 0 e 1 X 2), o Peñarol do Uruguai (2 X 0 e 4 X 1) o Caracas da Venezuela (2 X 0 e 2 X 1), e dois conterrâneos, o Bahia (1 X 0, 0 X 1 e 4 X 1 nos penais) e, mais facilmente, o Fluminense (2 X 0 e 2 X 0).

Não surpreendeu o fato de o cauteloso Comesaña remeter o seu “Tubarão” no encalço da sua presa desde o início da contenda. E também se imaginava que o aguerrido Tiago, diante da pugna da sua vida, contivesse o “Furacão” no formato de uma brisa. O Junior dominou integralmente a etapa inicial. Mas, na derradeira, os ventos se multiplicaram. Logo aos 50’, num contra-ataque de fato fulminante, Nikão lançou Pablo que invadiu a grande área de Viera e arrematou, rasteirinho, de chapa, no canto, Atlético 1 X 0.

Pena que, mal celebrada a vantagem, aos 52’, numa titubeada da retaguarda do time de Tiago, ocorresse o empate, por Jony Gonzalez, no desfrute de uma pelota mal rebatida. Pena, principalmente, porque o “Furacão” começava a se impor como um quadro mais eficiente. Daí, aos 71’, noutra bobagem, Rony derrubou Gutierrez pouco além do ângulo direito da área de Santos, um pênalti que o bom árbitro Diego Haro, do Peru, não hesitou em apontar. Foi desnecessária a sua consulta ao VAR. Rafael Perez cobrou à velha maneira varzeana, um bicão sem o menor sentido, que fez trepidar o travessão. Nos estertores do combate, Santos ainda garantiu o placar com duas intervenções das quais o torcedor do Atlético, certamente, nunca se esquecerá.


Do R7

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
17/12/2018 09:40:00 - Suspeito de abusos sexuais, João de Deus passa 1ª noite na prisão em GO
17/12/2018 09:40:00 - Metade das crianças sírias cresceu em meio à guerra no país
17/12/2018 09:40:00 - Prêmio de R$ 800 mil sai para o Estado de Sergipe
17/12/2018 09:40:00 - EDITORIAL: Quem sair por último, apague a luz!
17/12/2018 09:30:00 - Propriá E Porto Real Do Colégio Registram Tremor De Terra No Final De Semana
17/12/2018 09:30:00 - CASAL DE TRAFICANTES É PRESO COM CERCA DE 100 KG DE MACONHA
17/12/2018 09:20:00 - PAPA FRANCISCO DEFENDE PACTO SOBRE MÍGRAÇÃO QUE BOLSONARO QUER ABANDONAR
17/12/2018 09:20:00 - UM JOVEM É MORTO E OUTRO FERIDO, EM ESTÂNCIA
17/12/2018 09:10:00 - VALDEVAN NOVENTA SERÁ DIPLOMADO SOB ESCOLTA POLICIAL
16/12/2018 18:10:00 - Audiências Referentes Construção Casas Na Praia Do Saco Foram Bem Sucedidas



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Na sua opinião, quem será o próximo prefeito de Estância em 2020?
Adriana Leite (PRB) 11 % 11%
Dominguinhos (PT) 2 % 2%
Márcio Souza (PSOL) 86 % 86%
Você acredita que a prefeitura de Estância vai restaurar a Casa da Cultura?
Sim 4 % 4%
Não 95 % 95%
Nenhuma das Alternativas 0%

USUÁRIOS ONLINE

38 visitantes online (37 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 38

mais...