7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Manchete : PROFESSOR DISSE QUE PREFEITO DEU EXPLICAÇÃO ESFARRAPADA
enviou em 09/10/2013 18:40:00 ( 623 leituras )
Manchete

No último sábado, 5, no programa ‘Comentário Geral’, dentre outros assuntos que explanou nesse programa, o professor e ex-diretor da Diretoria Regional de Educação (DRE-1), Dionísio Neto criticou o prefeito Carlos Magno (DEM), pelo fato dele ter dito que não ia criar mais secretarias para não gerar despesas para a prefeitura, mas no entanto criou dezessete cargos de assessor político.

Na sua participação, Dionísio que já foi diretor de Meio Ambiente dessa gestão, disse que lamentava a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, não ter sido criada, que na época a justificativa do prefeito Carlos Magno, era que isso iria exonerar os cofres públicos, aumentar os gastos do município. “Eu sempre fiz ver ao prefeito, que a Diretoria do Meio Ambiente tinha treze cargos, ao ser criada uma secretaria, o que ia ser aumentado era apenas o cargo de secretário e de adjunto, mas ela já tinha um organograma enquanto diretoria de Urbanismo treze cargos já aumentado”, disse Neto.

O professor narrou que ficou muito surpreso,quando ouviu pela imprensa, que o prefeito Carlos Magno teria enviado para a Câmara,um projeto, criando dezessete cargos de assessor político e secretários adjuntos. “Agora, para a minha surpresa, o prefeito disse que isso ia aumentar os gastos do município, o que aumenta são cargos de assessoria política, que está na cara que é uma coisa politiqueira. Secretaria não precisa de assessor político. Assessores políticos, já temos muitos e gratuitos, que se manifestam toda hora pela imprensa”, destacou o professor.

Dionísio Neto afirmou que esses cargos foram criados para atender os pedidos de alguns vereadores. “Cria esses cargos no município, para atender interesse de vereadores, todo mundo sabe disso. Uma cidade como Estância, litorânea, com muitos problemas ambientais, deixa de ter sua secretaria”, falou, acrescentando que foi uma desculpa completamente esfarrapada do prefeito Carlos Magno, que inclusive nunca lhe convenceu.



Da redação A Tribuna Cultural

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
21/06/2018 10:10:00 - Tite admite ajustes em jogo "decisivo", mas minimiza pressão sobre Neymar e resultado
21/06/2018 10:00:00 - Como o uso de ar-condicionado está deixando o mundo mais quente
21/06/2018 09:50:00 - Venezuela triplica salário mínimo para R$ 4,29
21/06/2018 09:50:00 - Saiba como evitar acidentes com fogos de artifício
21/06/2018 09:50:00 - Festival da Mandioca reúne grandes atrações em Lagarto
21/06/2018 09:50:00 - Estados E Municípios São Os Que Mais Contribuem Para Sustentar SUS
21/06/2018 09:50:00 - Marcio afirma que pode denunciar suposta carta psicografada por Déda
21/06/2018 09:50:00 - Homem é preso sob acusação de estuprar e agredir uma jovem de 23 anos de idade em Tobias Barreto (SE)
21/06/2018 09:50:00 - Forró Caju: 95% da estrutura para a festa está montada
21/06/2018 09:40:00 - Mais de 80 policiais em operação no Baixo São Francisco; líder morre em confronto com a polícia



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Qual a sua avaliação sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Gilson Andrade de Estância
Boa 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Ótima 0%
Péssima 50 % 50%
Regular 50 % 50%
Ruim 0%

USUÁRIOS ONLINE

40 visitantes online (35 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 40

mais...