7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Política : AMORIM VÊ CRISE NA SAÚDE DE SERGIPE, MAS "ESQUECE" O CAOS DE ARACAJU
enviou em 14/05/2014 11:50:00 ( 553 leituras )
Política

Senador Eduardo Amorim fez nesta terça (14) mais um dos seus discursos duros e alarmantes sobre os problemas na saúde pública do Estado; segundo ele, Sergipe "vive um desgoverno jamais visto em sua história"; mas enquanto diz ter grande preocupação com a saúde estadual, Amorim parece esquecer do caos existente hoje na saúde de Aracaju, cidade administrada pelo prefeito João Alves Filho (DEM) de quem o senador espera apoio nas eleições deste ano; Amorim falou dos pedidos de intervenção no Huse e na maternidade estadual, mas ignorou as intervenções do CRM nas unidades de pronto-atendimento de Aracaju; senador acusou governo de má gestão; Amorim, há essa mesma má gestão na saúde de Aracaju?

O pré-candidato a governador pelo PSC de Sergipe, senador Eduardo Amorim fez mais um dos seus discursos duros e alarmantes sobre os problemas na saúde pública do Estado. Segundo ele, em pronunciamento no Senado, nesta terça-feira (13), Sergipe "vive um desgoverno jamais visto em sua história". Ele falou em "aniquilamento da saúde pública". "O Estado vem submetendo a população ao risco de morte eminente por falta de assistência adequada", disse. Mas enquanto diz ter grande preocupação com a saúde estadual, Amorim parece esquecer do caos existente hoje na saúde de Aracaju, cidade administrada pelo prefeito João Alves Filho (DEM) de quem o senador espera apoio nas eleições deste ano.

Na capital, as greves dos servidores se sucedem uma a outra. Só os enfermeiros ficaram parados por mais de 70 dias. Já os médicos apontam para mais uma paralisação de advertência nos próximos dias. As unidades de pronto-atendimento já foram interditadas várias vezes. A prefeitura tenta implantar as organizações sociais para gerir o serviço, decisão muito combatida pelos médicos, categoria da qual Amorim faz parte. Mas tudo isso é ignorado pelo senador, que só enxerga problemas na rede estadual, que, em muitos casos, fica sobrecarregada justamente pela falta de assistência nas bases municipais.

Em seu discurso de ontem, Amorim falou da recomendação do Ministério Público Federal de Sergipe ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) contrária ao empréstimo de R$ 250 milhões do Pró-Redes para o Estado (para investimento exclusivo em saúde), que o senador tenta inviabilizar através da sua tropa de choque na Assembleia Legislativa.

Ao denunciar os problemas de saúde em Sergipe o senador lembrou que "o ano passado o MP solicitou intervenção fiscalizatória dentro do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) e, posteriormente, na Fundação Hospitalar de Saúde, para que o Estado assumisse as suas duas maiores unidades – Huse e a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes". E completou: "a liminar foi obtida, mas o Estado interpôs um recurso e os efeitos foram suspensos pelo Tribunal de Justiça". Neste momento do seu pronunciamento, Amorim deveria ter lembrado dos mesmos pedidos de intervenção nas unidades municipais de Aracaju. Mas ele calou.

"A verdade é que, infelizmente, a saúde sergipana está em como, na UTI, em estado gravíssimo. Entretanto o Estado recebeu entre 2011 e 2013, pelo menos R$ 250 milhões de recursos federais para a saúde", informou Amorim. Segundo ele, o problema que acomete a saúde pública, não foi provocado pela falta de verbas, mas, seguramente por má gestão. Seria também "má gestão" que acomete a saúde de Aracaju?

Sergipe 247

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
16/12/2018 18:10:00 - Audiências Referentes Construção Casas Na Praia Do Saco Foram Bem Sucedidas
16/12/2018 18:00:00 - PREFEITURA DE ESTÂNCIA DESCUMPRE LEI E USA SLOGANS DA GESTÃO EM BENS PÚBLICOS, DENUNCIA O SINDSEME
16/12/2018 17:50:00 - Eraldo De Andrade E Chicão Almeida Viajam A Brasília Em Busca De Recursos Para Boquim
16/12/2018 17:30:00 - DESEMBARGADOR NEGA HABEAS CORPUS PARA VALDEVAN NOVENTA
16/12/2018 17:20:00 - CANDIDATOS ELEITOS SERÃO DIPLOMADOS NESTA SEGUNDA-FEIRA NO TEATRO ATHENEU
14/12/2018 09:10:00 - TRE julga contas de Rogério, Diná e Valdevan Noventa
14/12/2018 09:00:00 - Michel Temer Acredita Que Bolsonaro Dará Continuidade A Suas Políticas
14/12/2018 09:00:00 - Cidade de Itabi, no sertão sergipano, é palco de Encontro Cultural
14/12/2018 09:00:00 - Réveillon de Aracaju 2019
14/12/2018 09:00:00 - Chérif Chekatt, autor do atentado de Estrasburgo, é abatido pela polícia



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Na sua opinião, quem será o próximo prefeito de Estância em 2020?
Adriana Leite (PRB) 11 % 11%
Dominguinhos (PT) 2 % 2%
Márcio Souza (PSOL) 86 % 86%
Você acredita que a prefeitura de Estância vai restaurar a Casa da Cultura?
Sim 4 % 4%
Não 95 % 95%
Nenhuma das Alternativas 0%

USUÁRIOS ONLINE

43 visitantes online (38 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 43

mais...