7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Manchete : DEBATE DA TV-CIDADE TEM POUCAS PROPOSTAS, MUITAS CRÍTICAS E ALGUMAS ACUSAÇÕES
enviou em 27/08/2014 12:20:00 ( 472 leituras )
Manchete

A TV-Cidade realizou na noite desta terça-feira (27) o primeiro debate entre três candidatos ao Governo de Sergipe que mais se destacam nas pesquisa: Jackson Barreto (PMDB), Sônia Meire (Psol) e Eduardo Amorim (PSC). Os candidatos falaram sobre programas, projetos e medidas que adotarão se eleitos (no caso de JB reeleito) em 05 de outubro.

Como é natural em todos os confrontos de candidatos majoritários, houve troca de farpas entre eles e de críticas ao que fazem atualmente e fizeram no passado, quando exerceram cargos públicos. O jornalista André Barros foi o mediado do debate e os candidatos foram à emissora de televisão acompanhado de assessores e pessoal do marketing.

O governador Jackson Barreto declarou no debate que pretende rever a estrutura da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) e que seu compromisso é rever contratos da Fundação Hospitalar. O governador falou que pretende aumenta os recursos alocados no atendimento ao povo.

Eduardo Amorim reafirmou que vai construir o Hospital do Câncer e o Hospital das Clinicas do Estado. O senador disse que colocou quatro emendas para construção do Hospital do Câncer e obra não foi feita, lembrando que recursos dessas emendas chegaram a ser devolvidos porque não foram utilizados.

Jackson Barreto retomou a fala e disse que Eduardo Amorim não tinha autoridade para falar do Hospital do Câncer, porque o “grupo dele [de Amorim] emperrou aprovação do Proinvest”. Lembrou que o grupo liderado por Edivan Amorim [irmão de Eduardo], “que é quem manda em todo mundo, fez o ex-governador Marcelo Deda chorar pelo Proinvest”.

O governador perguntou ao senador quantas pessoas deixaram de ser atendidas na Saúde pelo atraso do Proinvest e Proredes? E disse que os recursos do Hospital do Câncer só foram liberados por conta do prestígio de Marcelo Déda. E acusou: “Eduardo Amorim sempre criou problemas para o crescimento do Estado”.

O senador Eduardo Amorim prometeu tratar o funcionalismo público com respeito, com o pagamento do piso aos professores e redução das secretarias de Estado e dos cargos em comissão. Adianta que vai examinar o PCCV aprovado recentemente para os servidores estaduais para que se dê um tratamento justo a quem trabalha no serviço público.

Eduardo lembrou que chegou a acreditar no atual Governo há 4 anos, quando fez uma composição e participou dele: “Estava enganado”. Acrescentou que o atual Governo é pouco transparente e isso favorece a corrupção.

Jackson Barreto considerou que os objetivos de Eduardo Amorim são Fracos e lembrou que “uma coisa é falar, outra coisa é fazer”. Admitiu que o seu governo é dinâmico e aberto para conversar com todas as categorias de servidores do Estado e destacou o concurso público da PM e da Polícia Técnica, além de anunciar para breve concurso para a Polícia Civil.

A professora Sônia Meire provocou Eduardo Amorim ao dizer que ele esquece que “seu suplente é Laurinho da Bomfim, que deixou funcionários de sua empresa de transporte sem pagamento”. Eduardo respondeu que pelos próprios atos e atitudes.

Sônia Meire expôs que sua candidatura apresenta demandas da população trabalhadora e não tem apoio de empresários. “A candidatura é para lembrar aos trabalhadores que só a luta pode mudar a nossa vida”.

Eduardo Amorim insistiu que é preciso valorizar o servidor público, diminuir CC´s e Secretarias, acrescentando que Sergipe precisa mudar. Concluiu pedindo ao povo “a oportunidade de ser governador”

O governador Jackson Barreto condenou a falta de liberdade de expressão nesta campanha, imposta por Eduardo Amorim e disse que compreende o apelo feito por Marcelo Déda e que está levando avante projeto para evitar que Sergipe “seja um balcão de negócios”.


faxaju

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
18/04/2018 11:10:00 - Homem é morto a tiros em Riachão do Dantas (SE)
18/04/2018 11:00:00 - Polícia prende ex-secretária de Manaus que ficou milionária no cargo
18/04/2018 11:00:00 - MPT destina instrumentos para Orquestra Jovem
18/04/2018 11:00:00 - Tchandala lança novo álbum no dia 5
18/04/2018 11:00:00 - Editorial: Bullying mata
18/04/2018 10:50:00 - TRÍDUO A SÃO JORGE COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA, 19 EM ESTÂNCIA E A FESTA SERÁ DOMINGO (22)
18/04/2018 10:50:00 - HTLV-1: vírus da família do HIV está presente em Sergipe
18/04/2018 10:50:00 - Trump confirma encontro entre diretor da CIA e Kim Jong-un
18/04/2018 10:40:00 - Agentes Da Polícia Federal Realizam Operação Na Cidade De Porto Da Folha
18/04/2018 10:40:00 - "O DEM está de portas abertas", diz Mendonça Prado



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Qual a sua avaliação sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Gilson Andrade de Estância
Boa 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Ótima 0%
Péssima 50 % 50%
Regular 50 % 50%
Ruim 0%

USUÁRIOS ONLINE

32 visitantes online (30 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 32

mais...