7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Polícia : Denarc apresenta saldo positivo em 2014 com maior apreensão de drogas sintéticas de sua história
enviou em 15/01/2015 11:00:00 ( 768 leituras )
Polícia

O Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc) apreendeu no ano de 2014 a maior quantidade de drogas sintéticas desde que a unidade foi criada há seis anos. Foram 557 micropontos de LSD, 227 comprimidos de ecstasy e 181 micropontos da droga 2C-E. Os dados constam da estatística apresentada nesta terça-feira, 13, referentes às atividades desenvolvidas pelo Departamento nos últimos dois anos.

Segundo o diretor do Denarc, delegado Flávio Albuquerque, a última apreensão de drogas sintéticas em Sergipe foi feita no ano de 2010, quando na oportunidade a polícia retirou de circulação cerca de 500 micropontos de LSD. Outro fator de destaque está no número de traficantes presos. As estatísticas apontam um aumento considerável de um ano para outro. Em 2013 166 pessoas foram presas após envolvimento com o tráfico de drogas. Já em 2014, o número de pessoas encaminhadas para o sistema prisional por conta do tráfico de drogas subiu para 271. Um aumento de 63,25% na quantidade de pessoas detidas.

Albuquerque ressalta que entre os traficantes presos os números revelam um crescimento de casos de mulheres envolvidas na atividade ilícita. “Prendemos 33 mulheres em 2013 e 43 em 2014. Sabemos que é muito raro uma mulher abrir uma boca de fumo para vender drogas em alguma localidade. O mais comum é ela ser companheira de um traficante que foi preso obrigando a companheira a assumir as atividades ilegais" dele”, enfatizou.

O Denarc registrou, ainda, um crescimento nas apreensãoes de armas de fogo. Os agentes retiraram de circulação nos últimos dois anos 117 armas de fogo, sendo 43 no ano de 2013 e 74 em 2014, e apreenderam nas mãos de traficantes 98 veículos entre carros e motocicletas. “O Denarc é a unidades da Polícia Civil que mais apreendem arma de fogo em todo o Estado”, frisou. Para o delegado, há uma estreita ligação entre os crimes de tráfico de entorpecentes e homicídios. “Não temos como missão investigar homicídios, mas muitos traficantes presos pelo Denarc no ano passado também foram presos por este crime. É muito comum no decorrer de uma investigação descobrirmos que o tráfico foi fator motivador para um crime contra a vida”.

Drogas apreendidas

Além de drogas sintéticas, o Denarc apreendeu 981 quilos de maconha, sendo 343 (2013) e 638 (2014) registrando um aumento de 86%. Ainda foram apreendidas 31 quilos de cocaína durante os dois anos, sendo 12 quilos em 2013 e 19 no ano passado. Um aumento de 58,33% nas apreensões de cocaína. A droga que vem diminuindo nos registros estatísticos da polícia é a que mais é noticiada na imprensa: o crack. Segundo Albuquerque, o Denarc vem registrando uma redução de apreensões neste tipo de droga por causa de dois fatores: mudança do perfil dos traficantes e maior fiscalização por parte da polícia.

“Em 2012, apreendemos 71 quilos de crack, reduzimos para 47 quilos no ano seguinte e fechamos 2014 com 7,2 quilos de crack apreendidos. Analisando a situação, estamos percebendo que o 'mercado' de crack em Sergipe diminuiu nos últimos anos porque o traficante percebeu que o risco de vender este tipo de droga era muito grande, por isso ele preferiu migrar para outras drogas”, disse o delegado.

O delegado afirma que a atuação da polícia no combate ao tráfico foi decisiva para diminuição da oferta. “É por isso, que aumentamos bastante a quantidade de maconha e cocaína apreendidas nos últimos dois anos”. O combate a droga da morte, como ficou conhecido o crack, pode ser comprovado pelos números da Secretaria de Segurança Pública dos anos de 2009 a 2013, quando o crack representava 25% de todas as drogas apreendidas no Estado.

Flávio enfatiza que além de grandes apreensões, o Denarc também realizou um intenso combate ao pequeno traficante, que para o delegado é o que mais causa transtorno social. “O pequeno traficante atua na periferia, próximo a escolas, vilas e conjuntos, impondo a lei do silêncio através das armas e da exploração de crianças e adolescentes. Ele vende para o consumidor final em pequenas quantidades e aceita além de dinheiro produtos roubados de seus usuários. Dessa forma, quando prendemos um pequeno traficante diminuimos uma série de crimes, tais como roubos e furtos”, enfatizou.

Inquéritos

O Denarc também ampliou o número de inquéritos encaminhados à Justiça. Em 2013, 168 inquéritos foram remetidos ao Poder Judiciário, subindo para 285 em 2014. Os procedimentos dessa natureza também tiveram aumento saindo 157 (2013) para 244 (2014). Entre os registros, o Denarc contabilizou o cumprimento de 69 mandados de prisão, oito armas brancas e 35 gramas de haxixe apreendidas.


ssp

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
16/09/2019 12:20:00 - MULHERES DE SANTA LUZIA SÃO ATENDIDAS PELOS SERVIÇOS SOCIOASSISTENCIAIS DO PAIF
16/09/2019 10:00:00 - DOIS HOMENS SÃO MORTOS E UMA MULHER FERIDA DURANTE ASSALTO EM ITAPORANGA
16/09/2019 10:00:00 - Marinete Do Forró É Opção Atrativa Para Turistas Que Visitam Aracaju
16/09/2019 10:00:00 - NÚMERO DE CIRURGIAS BARIÁTRICAS AUMENTA 84,73% EM SETE ANOS
16/09/2019 10:00:00 - CAIXA TEM HORÁRIO ESTENDIDO HOJE E AMANHÃ PARA SAQUE DO FGTS
16/09/2019 10:00:00 - Casa Branca confirma morte de filho de Osama bin Laden
16/09/2019 10:00:00 - Vencedor da Libertadores enfrentará Esperánce ou campeão asiático no Mundial de Clubes
16/09/2019 09:50:00 - Praia do Saco: O apelo de Magno Malta
16/09/2019 09:50:00 - COOPANEST-SE EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE PARALISAÇÃO NO HRAM
16/09/2019 09:30:00 - OAS afirma que assumiu obra deficitária na Bolívia por exigência de Lula



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Você acredita numa possível aliança de Márcio Souza com os grupos políticos de Ivan e Carlos Magno?
Não 16 % 16%
Nenhuma 0%
Sim 83 % 83%
Você acredita que o vereador André Graça será o vice de Gilson em 2020?
Sim 66 % 66%
Não 0%
Nenhuma 33 % 33%

USUÁRIOS ONLINE

31 visitantes online (30 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 31

mais...