7º ENCONTRO DE FILARMÔNICAS EM ESTÂNCIA

Manchete : JACKSON SE REÚNE COM DILMA E PEDE INVESTIMENTOS EM SE
enviou em 26/03/2015 12:00:00 ( 480 leituras )
Manchete

Governador quer continuidade das obras do PAC e de financiamentos federais.

As medidas de combate aos efeitos da seca e as obras do Programa de Aceleração do Crescimento pautaram a reunião da presidenta Dilma Rousseff com os nove governadores da região Nordeste. O governador Jackson Barreto esteve reunido com a presidenta no Palácio do Planalto, em Brasília, onde, juntamente com os chefes de Executivos dos outros Estados nordestinos, prestou solidariedade à presidenta e solicitou a continuidade dos investimentos do Governo Federal na região.


Para Sergipe, Jackson reivindicou a continuidade das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e de financiamentos federais, realizados principalmente junto ao BNDES e Caixa Econômica Federal. Isso garante a ampliação da construção de casas populares, ampliação do Aeroporto Santa Maria e Construção do Canal de Xingó.

Os recursos do PAC da Seca também foram debatidos. Em Sergipe, o programa de combate aos efeitos da seca executa a ampliação e duplicação de três adutoras: Adutora de Umbaúba, Itabaianinha e Tomar do Geru, no Sul do Estado; Adutora Sertaneja, em Aquidabã, e Adutora do Sertão, em Nossa Senhora da Glória. Juntas, as obras somam mais de R$156 milhões e beneficiam 221 mil sergipanos.

PAC

As obras do Programa de Aceleração de Crescimento já foram tema de audiências anteriores entre Dilma e Jackson. Em novembro, a presidenta Dilma Rousseff garantiu apoio político à construção do novo terminal de passageiros do aeroporto de Aracaju e à obra do Canal de Xingó.

Na ocasião, a presidenta determinou a reinclusão da obra do aeroporto no PAC. Com a nova pista de pouso e decolagem prevista para este ano, além da conclusão da primeira etapa das obras viárias do entorno, o aeroporto precisa de novo terminal de passageiros e novo pátio de aeronaves. Essa última etapa de modernização do aeroporto da capital custará R$ 340 milhões. A obra deverá estar concluída em 2017.

Canal de Xingó

Programada para tornar-se a maior obra estruturante da história de Sergipe, o Canal de Xingó também ganhou apoio expresso da presidenta. Mostrando conhecer com detalhes a obra, a qual foi apresentada pela primeira vez pelo ex-governador Marcelo Déda, Dilma Rousseff igualmente assegurou a inclusão do projeto no PAC.

No valor total de R$ 2,4 bilhões, o Canal de Xingó trata-se de um projeto de uso múltiplo da água e de inclusão produtiva, e não apenas de irrigação. O Alto Sertão Sergipano será beneficiário direto do canal.

Com o aval presidencial, em 2015 o empreendimento estará com o cronograma pronto e a obra contratada. “O compromisso da presidenta é o de resolver em definitivo o problema da falta de água no semiárido”, disse Jackson na ocasião.


Por: JornaldaCidade.Net

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
18/06/2019 14:50:00 - Harmonização facial: aplicação errada pode dar problemas
18/06/2019 14:50:00 - Por que os EUA e a Coréia do Norte não estão indo para a guerra?
18/06/2019 14:40:00 - FÁBIO HENRIQUE DEFENDE CONSUMIDOR E DIZ NÃO A COBRANÇA DE BAGAGEM
18/06/2019 14:40:00 - PREVIDÊNCIA: PARECER DE COMEÇAR A SER DISCUTIDO NA CÂMARA
18/06/2019 14:40:00 - Orquestra Sanfônica está fora da programação do Forró Caju
18/06/2019 14:40:00 - Festival de Quadrilha mantém tradições na Rua de São João
18/06/2019 14:20:00 - Empreiteiro detona esquema do PT nos fundos de pensão
18/06/2019 11:30:00 - Sergipe terá o 2º maior parque de produção de energia solar do mundo
18/06/2019 11:30:00 - Polícia apreende cerca de 1.000 fogos de artifício irregulares em Pedrinhas
17/06/2019 12:10:00 - Irã diz que vai quebrar o limite de estoques de urânio acordado sob acordo nuclear em 10 dias



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

ENQUETE

Os prédios públicos da prefeitura de Estância devem ser reformados e utilizados pela gestão?
Não 0%
Nenhuma das Alternativas 0%
Sim 100 % 100%
Qual a sua opinião sobre a Casa da Cultura de Estância. A prefeitura deve restaurá-la e colocá-la para funcionar?
Sim 92 % 92%
Não 0%
Nenhuma das Alternativas 7 % 7%

USUÁRIOS ONLINE

37 visitantes online (36 na seção: Notícias)

Usuários: 0
Visitantes: 37

mais...