TCE DISCUTE RISCO DE DESTRUIÇÃO DE CAPELA EM ESTÂNCIA

Data 21/02/2018 09:50:00 | Tóopico: Municípios

O Tribunal de Contas do Estado (TCE), por iniciativa da conselheira Susana Azevedo, reunirá representantes de uma série de órgãos públicos e instituições culturais na próxima quinta-feira, 22, às 11h, em audiência pública que buscará uma ação que evite a destruição da histórica capela Nossa Senhora da Boa Viagem, localizada na Praia do Saco, no município de Estância, devido ao avanço das marés.
Além dos membros do colegiado e do Ministério Público de Contas, foram também convidados para a audiência representantes da Prefeitura de Estância, Secretarias de Estado da Cultura, Meio Ambiente e Turismo; Fundação Cultural Cidade de Aracaju, Adema, Academia Sergipana de Letras, Tribunal de Justiça, Ministérios Públicos Estadual e Federal, e diocese de Estância.

"É fundamental a somação de esforços, envolvendo todas essas instituições e a população em geral, para que juntos encontremos uma solução e evitemos que o mar avance sobre este monumento que faz parte da história do povo sergipano”, destaca a conselheira Susana Azevedo, que é a atual responsável por relatar os processos referentes à Secretaria de Estado da Cultura.

O conselheiro Carlos Pinna também enfatizou sua preocupação com o risco de destruição da capela na sessão do Pleno do último dia 1º. "Vejo com preocupação a inação das autoridades locais frente à iminência da destruição de algo tão relevante para Sergipe. Já havia acontecido algo semelhante, devido ao avanço da maré de março, há pouco mais de um ano e agora, pela segunda vez, esse marco pode ser derrubado pelo mar sem que as autoridades tomem uma providência", disse o conselheiro na ocasião.


Fonte: TCE/SE



Este artigo veio de Tribuna Cultural
http://www.atribunacultural.com.br

O endereço desta história é:
http://www.atribunacultural.com.br/modules/xnews/article.php?storyid=15983