Márcio Macedo, vice-presidente nacional do PT, diz que “Dallagnol é bandido e Moro um fora da lei”

Data 13/11/2019 17:10:00 | Tóopico: Manchete

O vice-presidente nacional do PT e ex-deputado federal Márcio Macedo, foi duro em suas criticas ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro e o procurador , Deltan Dalagnol. Durante a entrevista que concedeu ao jornal da Fan na manhã desta quarta-feira (13) o petista afirmou que “Dallagnol é um bandido e Moro é um fora da lei”.
As criticas de Macedo não ficaram restritas apenas ao então juiz Moro e Dallagnol. Bolsonaro também foi alvo de críticas e segundo ele, “Bolsonaro fica falando besteirol e enquanto isso a política econômica do Guedes que prejudica os pobres, estão passando que nem um rodo. Não tem dicotomia entre os problemas locais com os problemas nacionais. Somos de um projeto político contrário ao que Bolsonaro está fazendo no Brasil”, disse.

Márcio rebateu ainda as críticas e comentários feitos pelo advogado Evaldo Campos sobre a prisão do ex-presidente Lula. “Eles prenderam um homem e soltaram um mito. Dr. Evaldo Campos com seus comentários agiu como advogado criminalista de Moro, Deltan e Bolsonaro”, afirmou. Sobre o estado de Sergipe, Márcio disse que Lula está orientando para que o PT tenha candidatos nas capitais.

“Lula está com uma posição muito firme que o PT precisa ter candidato nas capitais”, e informou que o PT poderá sim ter candidato em Aracaju. Ao falar sobre candidatura na capital, Márcio afirmou “não sou inimigo de Edvaldo Nogueira e nem adversário, na hora certa vamos discutir sobre a cidade e sobre o melhor para população”.

Além de candidatura própria em Aracaju, Márcio Macedo disse que o partido terá candidatura em Itabaiana e Nossa Senhora do Socorro. “Em Itabaiana obtive a informação que estamos com possibilidade de ter candidatura própria assim como em Nossa Senhora do Socorro”, explicou.


93noticias.
Foto:google



Este artigo veio de Tribuna Cultural
http://www.atribunacultural.com.br

O endereço desta história é:
http://www.atribunacultural.com.br/modules/xnews/article.php?storyid=20633