Brasil

GOVERNO DEFINE VALORES DO AUXÍLIO EMERGENCIAL E PAGARÁ ATÉ R$ 375

Mulheres que chefiam famílias ganharão esse montante, enquanto homens que bancam o lar terão R$ 175. A maioria receberá R$ 250

Publicada em 06/03/21 às 15:25h - 200 visualizações

por R7.com


Compartilhe
Compartilhar a notícia GOVERNO DEFINE VALORES DO AUXÍLIO EMERGENCIAL E PAGARÁ ATÉ R$ 375  Compartilhar a notícia GOVERNO DEFINE VALORES DO AUXÍLIO EMERGENCIAL E PAGARÁ ATÉ R$ 375  Compartilhar a notícia GOVERNO DEFINE VALORES DO AUXÍLIO EMERGENCIAL E PAGARÁ ATÉ R$ 375

Link da Notícia:

GOVERNO DEFINE VALORES DO AUXÍLIO EMERGENCIAL E PAGARÁ ATÉ R$ 375
 (Foto: Reprodução)
O governo federal definiu, neste sábado (6), os novos valores do auxílio emergencial, benefício destinado a trabalhadores brasileiros que perderam a renda durante a pandemia do novo coronavírus. O blog apurou a informação com fontes do Ministério da Economia.

O benefício vai chegar a R$ 375 para mulheres que chefiam a família, enquanto os homens sozinhos e sem filhos vão ganhar R$ 175. A maioria dos trabalhadores informais vai receber R$ 250, o que corresponde a famílias em que pais e mães vivem juntos.

O auxílio será pago por quatro meses consecutivos e deverá chegar ao bolso do brasileiro ainda em março. Os valores serão definidos por uma MP (Medida Provisória), depois da aprovação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição).

O benefício deverá chegar a cerca de 40 milhões de pessoas, diretamente impactadas pelo desemprego e a falta de renda.

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro já tinha afirmado que a nova rodada do auxílio emergencial iria variar e defendeu a ajuda paga pelo governo para atingidos pela pandemia do novo coronavírus.

"Auxílio emergencial é endividamento do Estado, não tem como, alguns acham que pode durar a vida toda. Não dá. Lá atrás eram quase R$ 50 bilhões por mês quando era R$ 600. Agora assinamos, assinamos não, fizemos um acordo se não me engano R$ 42 bilhões para mais quatro parcelas de, em média, R$ 250", disse, referindo-se a uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que está em tramitação no Congresso e que reserva, na verdade, R$ 44 bilhões para o auxílio.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79) 9.8156-8504

Visitas: 2160024
Usuários Online: 76
Copyright (c) 2022 - Atribuna Cultural - Fundado em 30/03/2001