Atribuna Cultural
Brasil

TEMPERATURA MÉDIA GLOBAL PODE SUBIR 1,5ºC NOS PRÓXIMOS CINCO ANOS

Estudo internacional aponta para maiores períodos de seca e aumento no nível do mar

Publicada em 10/05/22 às 08:36h - 24 visualizações

por SBT News


Compartilhe
Compartilhar a notícia TEMPERATURA MÉDIA GLOBAL PODE SUBIR 1,5ºC NOS PRÓXIMOS CINCO ANOS  Compartilhar a notícia TEMPERATURA MÉDIA GLOBAL PODE SUBIR 1,5ºC NOS PRÓXIMOS CINCO ANOS  Compartilhar a notícia TEMPERATURA MÉDIA GLOBAL PODE SUBIR 1,5ºC NOS PRÓXIMOS CINCO ANOS

Link da Notícia:

TEMPERATURA MÉDIA GLOBAL PODE SUBIR 1,5ºC NOS PRÓXIMOS CINCO ANOS
 (Foto: Kathryn Hansen/Nasa)

A temperatura média global pode subir mais 1,5ºC nos próximos cinco anos. Segundo novo relatório da Organização Meteorológica Mundial (OMM), divulgado nesta 3ª feira (10.mai), há 50% de chances de o cenário acontecer, o que resultaria em maiores períodos de seca, no avanço do derretimento de geleiras e, consequentemente, no aumento do nível do mar.

A pesquisa mostra ainda que há uma chance de 93% de pelo menos um ano até 2026 se tornar o mais quente já registrado e superar os níveis de 2016. Na data, a média da temperatura da superfície da Terra ficou em 0,94ºC acima da média registrada no século 20, de 13,9%.

Outras previsões da OMM sugerem que os padrões de precipitação - água - previstos para 2022 em comparação com a média entre 1991 e 2020 apontam chances de condições mais secas no sudoeste da Europa e sudoeste da América do Norte. No norte da Europa, nordeste do Brasil e Austrália, a previsão é de áreas mais úmidas.

"Este estudo mostra, com grande confiabilidade científica, que estamos a aproximar-nos significativamente do momento em que atingiremos temporariamente o limite inferior do Acordo de Paris. O valor de 1,5°C não é uma estatística escolhida aleatoriamente. Indica o ponto a partir do qual os efeitos do clima serão cada vez mais prejudiciais para as pessoas e para todo o planeta", frisou o secretário-geral da OMM, Petteri Taalas.

Segundo ele, as temperaturas continuarão a subir caso os países não controlem as emissões de gases de efeito estufa e o desmatamento. "Se nada for feito, os nossos oceanos continuarão a aquecer e acidificar, o gelo marinho e as calotas polares continuarão a derreter, o nível do mar continuará a subir e o clima extremo continuará a se intensificar", acrescentou.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79) 9.8156-8504

Visitas: 2050852
Usuários Online: 30
Copyright (c) 2022 - Atribuna Cultural - Fundado em 30/03/2001