Sergipe

POLÍCIA ALERTA PARA FALSOS BOLETINS DE OCORRÊNCIA DE ROUBOS E FURTOS DE VEÍCULOS EM SERGIPE

Publicada em 16/09/21 às 09:15h - 98visualizações

por Redação AjuNews


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Ascom / SSP-SE)
A Divisão de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), da Polícia Civil, alertou para os falsos boletins de ocorrência sobre roubo ou furto de veículo em Sergipe, nesta terça-feira (14). A prática é crime e, conforme a polícia, tem ocorrido por parte de pessoas que objetivam fraudes no seguro e que não concluíram corretamente a venda dos veículos, ocasionando o não contato com o comprador.

O delegado Kássio Viana destacou que uma das principais situações que motivam o falso boletim de ocorrência é o interesse pela prática de fraude às seguradoras. “A principal situação é a fraude ao seguro, em que a pessoa está querendo vender o veículo segurado, não consegue um preço razoável, e é estimulada por algumas pessoas envolvidas com desmanche de veículos em Aracaju. Repassam o veículo e fazem o boletim de ocorrência como se fosse roubo, recebendo o dinheiro do receptador e o seguro do veículo”, citou.

Outra motivação apontada pelo delegado é a negociação que não foi concluída corretamente entre comprador e vendedor, no tocante aos valores envolvidos na negociação. “Às vezes a pessoa vendeu o veículo, não recebeu o valor total, não consegue cobrar pelas vias normais, e busca a delegacia para fazer o boletim falso como se o veículo tivesse sido roubado e furtado. O boletim é feito, inserimos a restrição e só posteriormente identificamos que foi um comprador de boa-fé”, revelou Kássio.

Além disso, há situações em que as pessoas não fazem comunicação ao Detran. “Todas as pessoas que vendem veículo têm a obrigação de comunicar a venda em um prazo de 30 dias para que toda a responsabilidade fique com o comprador. Às vezes a pessoa que comprou não transfere para seu nome, fica utilizando o veículo, não paga IPVA e recebe multas, gerando dívida para o vendedor. Como não consegue encontrar o comprador, o vendedor procura a delegacia e faz o boletim de ocorrência falso”, destacou o delegado.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79) 9.8156-8504

Visitas: 1636267
Usuários Online: 30
Copyright (c) 2021 - Atribuna Cultural