Sergipe

CHUVA INTENSA PODE SE REPETIR NOS PRÓXIMOS DIAS, DIZ METEOROLOGISTA

Publicada em 29/11/21 às 17:19h - 57 visualizações

por Infonet


Compartilhe
Compartilhar a notícia CHUVA INTENSA PODE SE REPETIR NOS PRÓXIMOS DIAS, DIZ METEOROLOGISTA  Compartilhar a notícia CHUVA INTENSA PODE SE REPETIR NOS PRÓXIMOS DIAS, DIZ METEOROLOGISTA  Compartilhar a notícia CHUVA INTENSA PODE SE REPETIR NOS PRÓXIMOS DIAS, DIZ METEOROLOGISTA

Link da Notícia:

CHUVA INTENSA PODE SE REPETIR NOS PRÓXIMOS DIAS, DIZ METEOROLOGISTA
A instabilidade é causada pelo efeito do fenômeno ‘La Niña’ (Foto: ASN  (Foto: Divulgação)

As fortes chuvas que atingiram o estado de Sergipe durante o final de semana trouxeram também instabilidade com o aparecimento de trovoadas. O efeito ainda pode se repetir nesta segunda-feira, 29 e se prolongar durante esta semana, de acordo com o meteorologista Overland Amaral.

“Ainda hoje há a possibilidade de chuvas em todas as regiões do estado. Pela manhã no litoral sul e no período da tarde e noite, pelo agreste e no alto sertão sergipano. E ao longo dos próximos dias ela vai se repetir, devido a presença desse canal de instabilidade entre a Bahia, Sergipe e Alagoas”, explica o meteorologista.

A instabilidade é causada pelo efeito do fenômeno ‘La Niña’, que na região Nordeste traz mais precipitações. “Esse sistema de ‘La Niña’ traz mais chuvas para as regiões tropicais e permanece causando instabilidades convectivas aqui no Nordeste. Nós estamos com esse efeito muito intenso, a temperatura e a umidade presentes nesse sistema faz com que haja essas convecções aqui na região, com característica de trovoada”, diz Overland.

As chuvas provocaram maior precipitação na região do alto sertão sergipano e escoamento em riachos do município de Canindé do São Francisco, onde houve precipitação concentrada. Ainda segundo Overland, esse tipo de instabilidade pode seguir nos próximos meses. “Variavelmente nós vamos ter ocorrências de instabilidade como essas ao longo dessa semana. Há uma tendência de chuvas com essa característica de forma variada pelo trimestre de dezembro, janeiro e fevereiro”, completou.

Por Milton Filho e Aisla Vasconcelos




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79) 9.8156-8504

Visitas: 2149511
Usuários Online: 65
Copyright (c) 2022 - Atribuna Cultural - Fundado em 30/03/2001