Atribuna Cultural
Esporte

FORTALEZA X RIVER PLATE TERÁ MOSAICO ANTIRRACISTA: "O RESPEITO TEM DE VENCER"

Torcedores do Leão do Pici preparam resposta antes de jogo da Libertadores após argentino arremessar banana em direção a brasileiros

Publicada em 05/05/22 às 08:35h - 21 visualizações

por Raul Vitor


Compartilhe
Compartilhar a notícia FORTALEZA X RIVER PLATE TERÁ MOSAICO ANTIRRACISTA: \  Compartilhar a notícia FORTALEZA X RIVER PLATE TERÁ MOSAICO ANTIRRACISTA: \  Compartilhar a notícia FORTALEZA X RIVER PLATE TERÁ MOSAICO ANTIRRACISTA: \

Link da Notícia:

FORTALEZA X RIVER PLATE TERÁ MOSAICO ANTIRRACISTA:
 (Foto: Divulgação)

Os torcedores do Fortaleza estão preparando um mosaico antirracista para recepcionar os adeptos do River Plate que estarão presentes no Castelão, na noite desta quinta-feira (5), para o duelo da quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. A partida marca o reencontro das equipes após o episódio de racismo vivenciado pelos brasileiros que viajaram à Argentina na derrota por 2 a 0 do Leão do Pici diante do Millonario no encontro válido pela segunda rodada.

"A ideia partiu da torcida, direto dos torcedores do Fortaleza. Eles nos consultaram e tiveram o apoio da diretoria para fazer algo educado, gentil e que possa gerar reflexão em torno da situação", disse o presidente do clube, Marcelo Paz, em contato com o SBT Sports.

"O mosaico antirracista é um contraponto prático de como deve ser a convivência entre os povos e as pessoas, não só no futebol. Tivemos episódios lamentáveis recentemente, todos na Libertadores, todos contra torcedores brasileiros. A gente tem de se posicionar no contraponto educado e corajoso de como deve ser a relação entre as pessoas, independentemente de cor, de credo, de religião, de nacionalidade. O respeito tem de vencer", complementou Marcelo Paz.

No jogo do dia 13 de abril, imagens de um torcedor do River Plate arremessando uma banana em direção aos brasileiros presentes no Monumental de Nuñez viralizaram nas redes sociais. O gesto gerou revolta devido à cumplicidade dos demais adeptos do clube argentino, que riam da situação ao fundo. Nas semanas seguintes, outros quatro casos de racismo contra brasileiros foram contabilizados na competição, fazendo a Conmebol informar que vai endurecer as punições.

O caso de injúria racial contra os torcedores do Fortaleza teve um desfecho. A Conmebol multou o River Plate em R$ 150 mil, e a Justiça argentina, segundo o jornal "Clarín", afastou o torcedor identificado como Gustavo Sebastián Gómez por quatro anos dos estádios de Buenos Aires. O próprio River já havia banido o adepto de jogos do clube por seis meses, além de ter obrigado o indivíduo a fazer um curso de conscientização. 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79) 9.8156-8504

Visitas: 2050861
Usuários Online: 32
Copyright (c) 2022 - Atribuna Cultural - Fundado em 30/03/2001