Política

VICE-GOVERNADORA APRESENTA PROGRAMA SERGIPE PELA INFÂNCIA AO TJ/SE

Publicada em 14/03/21 às 09:40h - 174 visualizações

por Governo de Sergipe


Compartilhe
Compartilhar a notícia VICE-GOVERNADORA APRESENTA PROGRAMA SERGIPE PELA INFÂNCIA AO TJ/SE  Compartilhar a notícia VICE-GOVERNADORA APRESENTA PROGRAMA SERGIPE PELA INFÂNCIA AO TJ/SE  Compartilhar a notícia VICE-GOVERNADORA APRESENTA PROGRAMA SERGIPE PELA INFÂNCIA AO TJ/SE

Link da Notícia:

VICE-GOVERNADORA APRESENTA PROGRAMA SERGIPE PELA INFÂNCIA AO TJ/SE
 (Foto: Divulgação)

Na manhã desta sexta-feira (12), a vice-governadora Eliane Aquino participou de um encontro virtual com o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe (TJ/SE), desembargador Edson Ulisses, para apresentação do programa Sergipe pela Infância.

O Sergipe pela Infância tem como meta fortalecer as políticas públicas na área da infância, executadas no Estado, trabalhando de forma intersetorial com as áreas da Saúde, Educação e Assistência Social.

Após a apresentação do Programa, a vice-governadora Eliane Aquino, coordenadora do Programa, alertou para as especificidades que o momento pandêmico evidencia. “Além de todo o cuidado que deve ser inerente às crianças em tempos ditos normais, agora, com a pandemia, temos a possibilidade de uma maior vulnerabilidade social, a exemplo da evasão escolar, o que com certeza vai impactar de forma negativa o desenvolvimento das nossas crianças. É mais do que urgente a consolidação de um programa como esse”, avaliou a vice-governadora.  

Interessado na consolidação do Sergipe pela Infância como um Programa de Estado, o desembargador Edson Ulisses sugeriu futuros encaminhamentos. “Nós vemos um grande potencial nesse Programa, porque entendemos a necessidade de priorizar a infância, sobretudo nos primeiros anos de vida. É preciso trabalhar de forma muito direcionada nesta área, para que possamos, de fato, fazer com que o Sergipe pela Infância se torne um Programa de Estado”, pontuou o presidente do TJ/SE.

“Foi muito gratificante conhecer o projeto que prioriza a primeira infância. Esta é a prioridade dentro da prioridade, precisamos convergir esforços para transformar a realidade dessas crianças, com foco em um desenho de realidade mais inclusivo e capaz de assegurar, de fato, os direitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente. O Tribunal de Justiça, a partir de hoje, não será um parceiro, mas coautor na execução do projeto”, assegurou Iracy Mangueira, juíza coordenadora da Infância e Juventude do TJ/SE.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79) 9.8156-8504

Visitas: 2149354
Usuários Online: 79
Copyright (c) 2022 - Atribuna Cultural - Fundado em 30/03/2001