Política

PROJETO DE JOÃO MARCELO TORNA FESTEJO JUNINO DE MONTE ALEGRE PATRIMÔNIO IMATERIAL E CULTURAL DE SERGIPE

Publicada em 01/04/21 às 14:26h - 196 visualizações

por Assessoria Parlamentar


Compartilhe
Compartilhar a notícia PROJETO DE JOÃO MARCELO TORNA FESTEJO JUNINO DE MONTE ALEGRE PATRIMÔNIO IMATERIAL E CULTURAL DE SERGIPE  Compartilhar a notícia PROJETO DE JOÃO MARCELO TORNA FESTEJO JUNINO DE MONTE ALEGRE PATRIMÔNIO IMATERIAL E CULTURAL DE SERGIPE  Compartilhar a notícia PROJETO DE JOÃO MARCELO TORNA FESTEJO JUNINO DE MONTE ALEGRE PATRIMÔNIO IMATERIAL E CULTURAL DE SERGIPE

Link da Notícia:

PROJETO DE JOÃO MARCELO TORNA FESTEJO JUNINO DE MONTE ALEGRE PATRIMÔNIO IMATERIAL E CULTURAL DE SERGIPE
 (Foto: Reprodução)

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira, 31, o Projeto de Lei de autoria do deputado estadual João Marcelo que torna o Forró Alegre, que ocorre anualmente no mês de junho no município de Monte Alegre, Patrimônio Imaterial e Cultural de Sergipe e inclui no Calendário Oficial de eventos do Estado.

Essa é uma manifestação tradicional de Monte Alegre que já tem o reconhecimento da Câmara Municipal. Agora, com a aprovação do projeto, também passa a ser reconhecida como um Patrimônio Imaterial e Cultural do nosso  Estado, ganhando ainda mais destaque”, destacou o parlamentar.

Na justificativa do PL, o deputado lembrou que as festas juninas podem ser consideradas a maior expressão cultural do Nordeste e se constitui em lugar de reprodução de valores, fortalecimento da identidade do grupo e consequente espaço de resistência e de fortalecimento dos laços comunitários.

Nesse sentido, o Sergipe tem grande destaque, inclusive conhecido nacionalmente com o título de “País do Forró”. Portanto, é evidente a grande identidade cultural que essas festas possuem no nosso estado e sua importância para o nosso povo. Portanto, se faz necessário que os mencionados movimentos culturais sejam preservados e incentivados, eis que, guardam relação direta com a identidade da nossa gente.

Breve Histórico

O Forró Alegre foi idealizado por Antônio Fernandes Rodrigues Santos e teve sua primeira edição em 1993 com a realização do “Casamento do Matuto”, onde as pessoas se fantasiavam com trajes típicos para realização da cerimônia conjugal. Após o casamento, iniciava-se um cortejo com cavalos e carroças saindo do Povoado Baixa Verde com destino a cidade de Monte Alegre de Sergipe.

O evento se consolidou e o festejo ganhou milhares de adeptos, passando a ser comemorado todos os anos com apresentações de forrozeiros de renome nacional, atraindo pessoas de todas as regiões de Sergipe”, ressalta o deputado João Marcelo.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79) 9.8156-8504

Visitas: 2160126
Usuários Online: 79
Copyright (c) 2022 - Atribuna Cultural - Fundado em 30/03/2001