Política

MARIA DO CARMO DEFENDE IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PARA SEGURANÇA ALIMENTAR

Segundo Inquérito sobre insegurança Alimentar, cerca de 19 milhões de brasileiros passaram fome, nos últimos meses de 2020

Publicada em 21/06/21 às 10:08h - 209 visualizações

por Assessoria Parlamentar


Compartilhe
Compartilhar a notícia MARIA DO CARMO DEFENDE IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PARA SEGURANÇA ALIMENTAR  Compartilhar a notícia MARIA DO CARMO DEFENDE IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PARA SEGURANÇA ALIMENTAR  Compartilhar a notícia MARIA DO CARMO DEFENDE IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PARA SEGURANÇA ALIMENTAR

Link da Notícia:

MARIA DO CARMO DEFENDE IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PARA SEGURANÇA ALIMENTAR
 (Foto: Assessoria)

“A fome corrói. A fome mata e, quando não mata, piora a qualidade de vida das pessoas. A alimentação é um direito assegurado na Constituição Federal. Nosso dever, enquanto agente público, é lutar para assegurar que todos os brasileiros possam se alimentar”. A afirmativa é da senadora Maria do Carmo (DEM/SE), ao falar sobre dados do Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19, no Brasil. Segundo os números, cerca de 19 milhões de brasileiros passaram fome nos últimos meses de 2020.

A análise realizada pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, ainda, mostrou que, nesse mesmo período, 55,2% dos domicílios do país passaram por algum tipo de falta de alimento. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2019, por dia, 15 brasileiros morreram por desnutrição. “Precisamos de ações que identifiquem os lares brasileiros que passam por qualquer grau de insegurança alimentar para que o poder público possa garantir a implementação de Políticas Públicas que possam levar o alimento para cada um desses brasileiros”, defendeu Maria.

Para ela, essa iniciativa deve ser conjunta entre governos federal, estaduais e municipais. “Quem tem fome não pode esperar. É imprescindível a colaboração de todos para que o alimento chegue à casa dos que, de fato, necessitam em todas as regiões do país”, afirmou a democrata, ao aplaudir as diversas iniciativas da sociedade civil para minimizar o impacto dos que sofrem com a falta de comida. Ela citou como exemplo,  a campanha “Tem Gente com Fome”, que tem o objetivo de arrecadar fundos para ações emergenciais de combate à fome, à miséria, e à violência durante a pandemia.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79) 9.8156-8504

Visitas: 2164348
Usuários Online: 75
Copyright (c) 2022 - Atribuna Cultural - Fundado em 30/03/2001