Política

FÁBIO MITIDIERI: BOI DE PIRANHA, DESGASTE GRATUITO, OU SABE O QUE FAZ?

Publicada em 09/08/21 às 09:55h - 103 visualizações

por Fanf1


Compartilhe
Compartilhar a notícia FÁBIO MITIDIERI: BOI DE PIRANHA, DESGASTE GRATUITO, OU SABE O QUE FAZ?  Compartilhar a notícia FÁBIO MITIDIERI: BOI DE PIRANHA, DESGASTE GRATUITO, OU SABE O QUE FAZ?  Compartilhar a notícia FÁBIO MITIDIERI: BOI DE PIRANHA, DESGASTE GRATUITO, OU SABE O QUE FAZ?

Link da Notícia:

FÁBIO MITIDIERI: BOI DE PIRANHA, DESGASTE GRATUITO, OU SABE O QUE FAZ?
 (Foto: REDES SOCIAIS)
O festival de especulações e a acelerada articulação não param. Certezas sobre candidaturas só podemos ter entre 20 de julho e 5 de agosto de 2022? Não. Os sinais dados por alguns pré-candidatos ajudam a desenharmos o cenário da disputa que promete ser uma das mais acirradas desde a redemocratização no Brasil.

Trago como exemplo o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD), que, com aval do governador Belivaldo Chagas, recepcionou André Moura (PSC) a alguns meses, participando, como fez este fim de semana, de entrevistas em conjunto por algumas emissoras do interior do estado.

O ato político que ocorreu recentemente em Japaratuba, num almoço que contou com a presença de diversas lideranças políticas, foi apenas a oficialização da chegada de André Moura ao grupo governista. Tudo já estava acertado e as aparições em conjunto com Fábio Mitidieri eram uma espécie de "teste drive".

Alguns dizem, com interesse objetivo de desgastar Fábio, que ele está sendo usado como 'boi de piranha', aquele que é destacado do rebanho para atrair as piranhas e facilitar assim a passagem dos demais pelo rio. Seria a armadilha para pressionar o PT, e no fim, o escolhido poderia ser outro, lembrando que, além dele, mais quatro importantes nomes buscam se consolidar para a sucessão de 2022, com o apoio do grupo governista.

Mitidieri tem vida política própria, teria reeleição para a Câmara Federal com certa facilidade, em 2018 foi o mais votado com quase 40 mil votos à frente do segundo colocado. Em 2020 coordenou o PSD na conquista de 20 prefeituras sergipanas, além de outras dezenas de aliados eleitos.

A que custo Fábio toparia se desgastar com seu grupo político que, em diversos municípios, sempre rivalizou com o grupo de André Moura por muitos pleitos? Em Japaratuba, por exemplo, no mesmo dia do evento de oficialização, ele reuniu seus aliados e adversários de André, para justificar a nova aliança. A aproximação com Moura tem custado a Fábio muitas horas de diálogo para conter possíveis perdas.

Não me parece razoável imaginar que ele apostaria tão alto se não tivesse a certeza de que será o escolhido pelo grupo governista, ou mais ainda, se não tivesse as bênçãos, mesmo que ainda não explícitas, de Belivaldo.

Mitidieri sabe o que faz e tem sido habilidoso, terá que esperar a declaração de apoio dos demais líderes políticos do agrupamento até que o governador convoque as reuniões iniciais no mês de setembro ou, quem sabe, até outubro quando alguns defendem que as articulações sejam finalizadas e o "habemus candidato" seja anunciado.

Seria cedo? O que seria de Belivaldo em 2017, pré-candidato a governador, se os partidos da base não tivessem realizado naquele mesmo ano atos de apoio a escolha do nome do então vice-governador? Se a história vai se repetir, para que com foco o grupo governista planeje sua campanha, saberemos em breve.

NOTAS DA SEMANA

Mais aparições - Neste sábado, 7, Fábio Mitidieri e André Moura fizeram mais uma aparição pública com discurso alinhado e ladeados de diversas lideranças políticas da Região Centro-Sul de Sergipe. Em Estância, concederam entrevista ao prefeito de Estância, Gilson Andrade, na sequência visitaram municípios da região e em todos os momentos posaram para fotos juntos. Mais passos na efetivação da dobradinha.

MDB na majoritária - o presidente estadual do MDB-SE, o ex-deputado federal Sérgio Reis, quer o MDB com protagonismo no grupo governista em 2022. Sérgio buscará isso com muito diálogo. Esta semana ele esteve com o empresário e ex-deputado estadual Marcos Franco, ao lado do prefeito de Laranjeiras, Juca de Bala. Ao final do encontro, Sérgio anunciou que Marcos colocou o nome à disposição do partido para a majoritária. Outro nome que a agremiação tem a disposição é o do deputado estadual Luciano Bispo.

Almoço prestigiado - Um restaurante da Atalaia recebeu na última sexta-feira, 6, um almoço super prestigiado. Lá estavam o ex-governador Albano Franco, o empresário Edvan Amorim, o advogado Emanuel Cacho, o ex-secretário da Justiça Jorge Fraga, o deputado estadual Zezinho Guimarães, o presidente da Câmara de Itabaiana, Marcos Oliveira, o prefeito de Itabaiana, Adailton Souza. Todos ao lado do pré-candidato ao governo de Sergipe Valmir de Francisquinho (PL).

Milton Andrade dividido - O empresário Milton Andrade almoçou no mesmo restaurante que Valmir de Francisquinho, que estava com sócios de uma de suas empresas. Como amante da política acabou ficando dividido, não perdeu tempo e foi à mesa de Valmir. Milton faz parte do grupo político da delegada Danielle Garcia, que deverá ter Alessandro Vieira disputando o governo. Para pessoas próximas, Milton não esconde a empolgação com a candidatura de Valmir.

Eliane Aquino e o dia dos pais - A vice-governadora Eliane Aquino (PT) fez uma postagem em suas redes sociais propondo uma reflexão sobre as mães que assumem a paternidade de seus filhos, pela ausência dos homens. As chamadas pães são, para Eliane, vítimas do machismo e de uma sociedade que faculta ao homem a sua responsabilidade na paternidade, enquanto que para as mulheres é imposta a função de dona de casa e mãe.

Não foi com a Fan - O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo (PP), e seu secretário de Comunicação, Carlos Ferreira, foram interpelados judicialmente pela Fan FM, para tornarem transparente as acusações que fizeram em entrevistas e redes sociais, de que estariam sendo vítimas de extorsão e chantagem por parte de setores da imprensa. Na resposta, eles afirmam textualmente que não se referiram a Fan. Sendo assim, as demais emissoras e seus profissionais de imprensa podem ter sido o alvo.

Não tem desembarque - Muito se fala do prazo e momento do Partido dos Trabalhadores (PT) desembarcar dos espaços que ocupa no governo do estado. O senador petista, Rogério Carvalho, em entrevista ao Jornal da Fan na última semana, mandou o recado: "não temos porque desembarcar de um governo que ajudamos a construir".

Edvaldo quer prorrogação - O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), quer prorrogação no prazo de definição do nome do grupo governista que disputará a sucessão de Belivaldo Chagas (PSD). "Meu foco é a gestão, não falo de política, irei aguardar o governador abrir as conversas, mas penso que estamos muito longe das eleições, em meio a pandemia, não é hora de definições", declarou Edvaldo a Magna Santana.

Sem prazo e nome em aberto - Em entrevista ao Jornal da Fan, o senador do Cidadania, Alessandro Vieira, disse que não há prazo para que seu agrupamento defina quem será o nome para a disputa do governo de Sergipe. Mesmo sendo o nome já certo, Vieira afirmou que não há uma imposição de seu nome e que nada impede uma decisão por outros caminhos.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79) 9.8156-8504

Visitas: 2164025
Usuários Online: 45
Copyright (c) 2022 - Atribuna Cultural - Fundado em 30/03/2001